Apagar a última impressão…

Werick mais uma vez desfalca o Ceilândia. Agora contra o Gama.

No futebol você é tão bom quanto o seu último resultado.  E os últimos resultados indicam que o  Ceilândia  enfrentou Luziânia e Brasiliense sem compreender que o quadrangular semifinal é outra competição.

No jogo contra o Luziânia já era possível ter compreendido. O Ceilãndia não compreendeu. A vibração do goleiro Matheus Lorenzo , do veterano Perivaldo e do banco adversário soavam como aviso.

Klécio desarmado: Pressionado pela marcação, errou muito e matou a transição.

Contra o Brasiliense o que vimos foi um Ceilândia calado, contrastando com a vibração dos jogadores do Brasiliense, que estimulavam um ao outro o tempo todo,  e com a vibração do banco amarelo.

Importante dizer que isso não é normal no Brasiliense. Normalmente o time amarelo é um time blasé, indiferente, arrogante… O Brasiliense foi um time humilde contra o Ceilândia. O Ceilândia foi apenas nervoso, nem tanto humilde.

Dôgão é opção para a vaga de Werick. Adelson também pode adiantar Liel.

O Ceilândia queria muito o resultado. Lutou bastante, mas faltou algo. Faltou algo. Individualmente cada um deu o máximo de si, mas como equipe o Ceilândia falhou.

Para o jogo contra o Gama, Adelson terá uma alteração forçada: Werick tomou o 3o amarelo.

Adelson tem trabalho: time precisa evoluir coletivamente, mas preocupa ainda mais individualmente
Adelson tem trabalho: time precisa evoluir coletivamente e ainda preocupa individualmente

Não precisa ficar repetindo que é jogo decisivo. Todos sabem do que é necessário, inclusive para apagar a impressão deixada contra o Brasiliense.

Quadrangular Semifinal

PosClubeJVEDGPGCSPts
154101321113
252215508
3520368-26
45014413-91

Acima a classificação do Quadrangular semifinal.