CEC e Azulão da saída sul empatam sem gols

Jogo contou com jogadas ríspidas
Jogo contou com jogadas ríspidas

Ceilândia e Luziânia terminaram a breve intertemporada visando o segundo turno do Metropolitano 2013 empatando sem gols na AE 14, Ceilândia.
Foi uma partida monótona e sem muita emoções. Soaria como redundância se não fosse o fato de que o jogo foi muito disputado.

Rodriguinho fez boa partida, mas recuava em demasia
Rodriguinho fez boa partida, mas recuava em demasia

O Ceilândia começou melhor. Disposto taticamente de modo diferente da Taça JK, o CEC tomou a iniciativa do jogo, mas foi incapaz de criar um lance sequer de perigo. Na melhor oportunidade, Alisson bateu cruzado para boa defesa do goleiro adversário.

Depois dos 20 minutos o Luziânia melhorou e, se não teve o domínio, teve as melhores chances. Numa dessas, Badhuga salvou sobre a linha.

Marcelo fez sua estréia: não comprometeu, mas está longe do ideal
Marcelo fez sua estréia: não comprometeu, mas está longe do ideal

Veio o segundo tempo e o Ceilândia veio novamente melhor. Nesse aspecto uma diferença em relação ao time do primeiro turno, que sempre tomou susto nos primeiros minutos.

Na verdade o CEC foi sempre melhor no segundo tempo, mas faltava o último toque. Com a entrada de Elvis e seus toques de primeira, o Gato mostrou evolução. Nem isso, contudo, foi suficiente para criar situações claras de gol.

Didão: preso no papel de marcador num jogo difícil
Didão: preso no papel de marcador num jogo difícil

Adelson aproveitou a partida para estrear Rosembrick (que entrou bem) e dar ritmo a todos os seus jogadores.

No final das contas, o  resultado de tão pouca inspiração não poderia ser outro: empate sem gols.

Agora o CEC espera pela estréia no próximo sábado, 16h00, na AE 14, ainda sem público, contra o Capital.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

Start a Conversation