O Ceilândia fica!

20090322cec2x1brasilia2Terminou o sofrimento: o Ceilândia enfim se livrou do fantasma do rebaixamento. Para isso, foram necessários noventa minutos de completo sofrimento. Não importa, o Ceilândia fica na primeira divisão.

Antes da partida começar, o Abadião foi tomado por um dilúvio. Por alguns instantes, diminutas pedras de gelo caíram no gramado e sobre os torcedores. O árbitro demorou a suspender a partida, mas, aos 14 da primeira etapa, parou o jogo. Os Deuses do futebol queriam uma pausa para assistir a partida e dar uma mão ao time mais simpático do Distrito Federal. Sim, o Ceilândia é sempre o segundo time do torcedor do Brasiliense, do Gama, do Sobradinho, do Brazlândia. Todos, de alguma maneira, torciam para que o Ceilândia ficasse, menos o Brasília.

20090322cec2x1brasilia
Cassius ganha pelo alto e abre o placar

No retorno do jogo, o Ceilândia parecia melhor, mas era incapaz de criar situações de gol. A torcida estava impaciente. Naquele momento o Legião já batia o Dom Pedro por 2 x 0 e esse resultado empurrava o CEC para a segunda divisão.

Por sorte, os deuses do futebol queriam o CEC na primeira divisão e assim se fez. Aos 21, Diego Martins bateu falta pela direita e Cassius fez de cabeça: Ceilândia 1 x 0.

O gol pareceu desconcertar o Ceilândia que passou a não conseguir trocar três passes em sequencia. O resultado foi que o Brasília tomou as rédeas da partida. O sofrimento começava. Apesar do domínio, o CEC resistiu bravamente e levou a vantagem para o intervalo.

O Brasília voltou diferente para o segundo tempo: além do domínio, agora chegava com perigo. Aí começou a brilhar a estrela do goleiro Ricardo. A torcida, estava impaciente e essa impaciência aumentou aos 7, quando Geovani, que sempre faz gol no Ceilândia, empatou para o Brasília.

O sentimento geral foi o de que o gol abalou alguns jogadores do Ceilândia. Outros, todavia, se desdobraram em campo. Cassius era um destes. Ora pela direita, ora pela esquerda, ora pelo alto, sempre levava a melhor sobre a defesa do Brasília. Num desses lances, ironia do destino, Cassius antecipou-se a Geovani e sofreu penalti. O mesmo Cassius pegou a bola e bateu, no meio do gol, mas sem defesa para Rafael. Eram decorridos 15, do segundo tempo: CEC 2 x 1.

20090322cec2x1brazlandia3A vantagem era tudo que o Ceilândia precisava, mas o Brasília não esmoreceu. O time alvirrubro foi ao ataque e Ricardo defendeu uma, duas, a terceira bateu no travessão. Era um sofrimento sem fim. Aos 46, Leandro bateu no canto, sem defesa e os deuses do futebol disseram basta! Esses mesmos deuses do futebol guiaram Ricardo em meio a escuridão em direção à bola. Ricardo não deu rebote. Faltavam 34 segundos para terminar. Ainda havia tempo para comportamentos amadores, mas nada disso atrapalhou. O Ceilândia venceu e ficou na primeira divisão. Esta vai ser uma semana para celebrar os heróis.

Related Images:

Comentarios

Comentarios

5 comments

  1. PARABENS A TODOS OS JOGADORES DO CEILANDIA!!!!

    POR TER MANTIDO O NOSSO TIME NA ELITE DO FUTEBOL CANDANGO.

    PARABENS PELA GARRA SUPERAÃ?AO E PRINCIPALMENTE A VONTADE DE TODOS!!

    VALEU CEILANDIA!!

    ESPECIALMENTE AO NOSSO GOLEIRO RICARDO UM EXCELENTE GOLEIRO..TANTO FORA QUANTO DENTRO DOS GRAMADOS!!

  2. Valeu CEC. Agora é mais que tudo PLANEJAR e montar, com antecedência, um time competitivo para 2010. Manter o Mozair e trabalhar jogadores de Ceilândia, inclusive “pescando” alguns do “terrão”. Ã? isso ai, até o ano que vem galera!!!

  3. Que vergonha, quero esquecer este campeonato. Uma cidade que tem quase 400 mil habitantes merecia uma equipe melhor, aliás um estádio melhor também, pois, torcida esse time tem, só está desanimada. Ã? preciso que haja um planejamento para que esta equipe volte a dá alegrias a sua torcida.
    Futebol hoje tem que ter dinheiro se não é isso ai que nós vimos nesse campeonato.
    VOLTA SERJÃ?O, PELO AMOR DO CEILÃ?NDIA…

Join the Conversation