Mario esteve abaixo das últimas apresentações: o Ceilândia também

Em ritmo de treino: Ceilândia empata com Formosa e pega Brasília

 

Jogo atrasou quase 15 minutos. CEC entrou em campo, mas o Formosa sequer havia terminado o aquecimento
Jogo atrasou quase 15 minutos. Na hora de começar,  Formosa sequer havia terminado o aquecimento

O Ceilândia tinha tudo para fazer uma boa partida no dia de hoje e entrar com moral na fase de mata-mata. Ao contrário, não fez. O Ceilândia foi um time burocrático e limitou-se a defender-se diante de um Formosa que termina a competição na 1oª colocação.

O técnico Adelson de Almeida surpreendeu e mandou a campo o que tinha de melhor. A única exceção era Badhuga, que não pode jogar por problemas de saúde. Em seu lugar jogou Cristiano.

Liel voltou. CEC não sofreu, mas também não fez
Liel voltou. CEC não sofreu, mas também não fez

Adelson promoveu a entrada de Gabriel no lugar de Dudu, na lateral direita. No lugar do suspenso Sandro, Adelson promoveu o retorno de Liel. Wisman também voltava de suspensão.

Apesar de jogar com o seu time principal, o Ceilândia se viu na defensiva desde os primeiros minutos. O Formosa tinha a iniciativa do jogo. O Ceilândia até equilibrou um pouco a partida, mas jamais teve o domínio das ações.

Cristiano entrou no lugar de Badhuga:não comprometeu
Cristiano entrou no lugar de Badhuga:não comprometeu

O Ceilândia repetiu, também, as mesmas dificuldades que enfrentou contra o Luziânia. O Gato Preto somente conseguia retomar a bola na entrada de sua grande área.

Durante o primeiro tempo retomou a bola no campo adversário apenas uma vez e duas no primeiro terço do campo defensivo. Pouco para um time que se pretende seja finalista.

Wallace trabalhou muito. Deu um susto, mas esteve seguro na maior parte do tempo
Wallace trabalhou muito. Deu um susto, mas esteve seguro na maior parte do tempo

Apesar do Formosa ter a iniciativa, Léo pouco trabalhou. A defesa conseguiu conter o adversário. Além disso, ainda que em jogadas de bolas aéreas, o Ceilândia chegou a incomodar a meta do Formosa. Com a bola rolando, incomodou apenas em um belo chute de Gabriel.

Veio o segundo tempo e o Formosa manteve o Ceilândia na defensiva. Há algo mais grave: o Ceilândia passou a apelar para a ligação direta buscando Chefe, que lutava contra dois zagueiros. Wisman e Filipe não conseguiam render. O time como um todo, tinha dificuldade em jogar.

Gabriel substituiu Dudu: fez uma partida correta
Gabriel substituiu Dudu: fez uma partida correta

O jogo mantinha-se mais ou menos como no primeiro tempo até os 32 minutos. Foi a partir desse momento que o Formosa começou a aproximar-se mais e mais da meta alvinegra.

Naquele momento, Adelson já fizera todas as alterações possíveis. Sorte do CEC que faltava o último passe para o Formosa, graças, obviamente, ao trabalho defensivo dos volantes alvinegros.

Mario esteve abaixo das últimas apresentações: o Ceilândia também
Mario esteve abaixo das últimas apresentações: o Ceilândia também

O Ceilândia foi um time dominado pelo Formosa, mas defender-se também é uma arte. O CEC defendia-se bem e contou com alguma sorte. A sorte poderia ter sido maior se Wisman conseguisse fazer o gol na chance mais clara do Gato durante o jogo.

A partida já se encaminhava para o seu final, quando Wisman teve a oportunidade. O gol seria injusto com o Formosa que, com o empate, terminou desclassificado.

O Ceilândia? Bem, o Ceilândia vai enfrentar o Brasília na disputa por uma vaga nas semifinais.

Related Images:

Comentarios

Comentarios