Tag: Felipe Cirne

Filipe Cirne esteve bem em Campo Grande: desafio de se manter em alto nível

Série D: Manter a boa fase para passar pelo Comercial-MS

Filipe Cirne esteve bem em Campo Grande: desafio de se manter em alto nível
Filipe Cirne esteve bem em Campo Grande: desafio de se manter em alto nível

O Ceilândia fez, nesta quinta, o apronto para a partida deste sábado, 15h30, contra o Comercial-MS. As duas equipes já se conhecem bastante e dependem, para esse jogo decisivo, do quanto ainda podem surpreender o seu adversário. 

O técnico Adelson de Almeida não tem problemas novos para montar a sua equipe. Assim, a base do time será a mesma que jogou em Campo Grande-MS.

Ceilândia e Comercial: um vai e outro fica
Ceilândia e Comercial: um vai e outro fica

 O time vive uma boa fase, mas isso não é garantia de que seguirá adiante. Por isso, trabalhou forte durante a semana. Para a partida deste sábado, o Gato Preto precisa se valer de todos os recursos, inclusive de sua experiência na competição.

Em competições nacionais, a última vez que o Ceilândia chegou na fase de quartas-de-final foi na Série C 2005, quando foi eliminado pelo Ipatinga. Na Série D tem sempre passado da primeira fase de mata-mata, mas tem empacado nas 8as de final. O desafio do time de 2017 é levar o Ceilândia mais longe.

Ceilândia foi melhor em Campo Grande, mas o Comercial teve chances de fazer
Ceilândia foi melhor em Campo Grande, mas o Comercial teve chances de fazer

O técnico Adelson de Almeida também confia na experiência de seu time para dosar a ansiedade comum em jogos dessa natureza. Na conversa com analistas, há a convicção de que o Ceilândia precisa igualar-se em vontade com o Comercial-MS para passar de fase. Tecnicamente o Ceilândia seria melhor, com mais possibilidade de decidir o jogo em jogada individual.

A diretoria sabe que todo apoio nessas horas é bem-vindo. Por essa razão distribuirá 200 cortesias nesta sexta, a partir das 16 horas, no Regional. Neste sábado os ingressos serão vendidos a partir de R$ 10 reais a meia entrada.

Filipe Cirne foi o jogador mais importante do Ceilândia em Paracatu. Na volta, vai precisar fazer a diferença

Rotina de decisões: Ceilândia pega o Paracatu por uma vaga na final

Ceilândia tem tomado muitos gols em 2017: desta vez não pode tomar
Zaga não pode tomar gol e, se possível, deve fazer

O Ceilândia pega, neste domingo, 15h30, no Abadião, o Paracatu em jogo de volta das semifinais do Candangão 2017. Na Cidade do Gato há a certeza de que o jovem time do Paracatu é um obstáculo difícil, mesmo fora de casa.  

Filipe Cirne foi o jogador mais importante do Ceilândia em Paracatu. Na volta, vai precisar fazer a diferença
Filipe Cirne foi o jogador mais importante do Ceilândia em Paracatu. Na volta, vai precisar fazer a diferença

Precisando da vitória, o Gato Preto vai procurar fazer o seu melhor retrospecto na competição. O empolgado time do Paracatu, contudo, já demonstrou que tem virtudes quando eliminou o Gama na semana passada nas cobranças de penalidades.

Ceilândia depende muito de Emerson Martins e Alcione
Ceilândia depende muito de Emerson Martins e Alcione

Para se contrapor à juventude do adversário, o Ceilândia mescla experiência com juventude. O técnico Adelson de Almeida deve mandar a campo o que tem de melhor. Didão, que não participou do jogo de ida, com incômodo no adutor, pode voltar.  O treinador, contudo, sempre guarda alguma surpresa. 

O Ceilândia vai precisar do melhor de todos neste domingo contra o Paracatu
O Ceilândia vai precisar do melhor de todos neste domingo contra o Paracatu

Com o empate no jogo de ida, somente a vitória classifica o Ceilândia. Empate leva o jogo para as penalidades. Almir Camargo será o árbitro da partida.

Neste sábado, entre 15h e 16h, serão distribuídas 100 cortesias para os primeiros 100 torcedores que forem ao Abadião. Amanhã os ingressos serão vendidos a partir de 10 reais.

 

 

Filipe Cirne comemora com David, Elivelto e Alcione.

Com cara de mata-mata: Ceilândia 1 x 1 Gama

O Gama começou melhor e perdeu boas oportunidades: nesta, Artur bem colocado fez a defesa
O Gama começou melhor e perdeu boas oportunidades: nesta, Artur bem colocado fez a defesa

Foi tenso como tinha de ser, foi difícil como tinha de ser. Ceilândia e Gama empataram na tarde deste sábado em 1×1, resultado que colocou o alviverde momentaneamente na primeira colocação do Campeonato Candango.

Essa foi a segunda oportunidade do Gama: Ceilândia pouco criava
Essa foi a segunda oportunidade do Gama: Ceilândia pouco criava

O Ceilândia pode tomar a ponta, mas para isso precisa vencer o Sobradinho na próxima quarta.

O jogo teve dois tempos distintos. Força de expressão ou não, o fato é que o Gama foi melhor no primeiro tempo. Não se pode dizer que o Gama dominou o Ceilândia no primeiro tempo, mas foi mais efetivo.

Romarinho poderia ter feito neste lance
Romarinho poderia ter feito neste lance

Logo no primeiro ataque, Artur foi obrigado a fazer boa defesa.  O Gama ainda teria uma boa oportunidade de abrir o marcador, mas a bola saiu mascada para defesa de Artur. 

Jogo equilibrado, times apostaram nas bolas paradas
Jogo equilibrado, times apostaram nas bolas paradas

O gol do Gama surgiu aos 42 do primeiro tempo. Potita aproveitou a indecisão da defesa alvinegra, contou com a sorte na dividida com Artur e fez 1 x 0.

Ceilândia também levou perigo nos cruzamentos
Ceilândia também levou perigo nos cruzamentos

O Ceilândia foi para o intervalo ciente que precisava mudar a atitude. O primeiro tempo mostrara equilíbrio entre as equipes. A diferença é que o Gama demonstrava ter atitude. O Ceilândia era um time passivo.

Elivelto mostrou muita disposição: obrigou goleiro a fazer grande defesa e sofreu a falta que originou o gol
Elivelto mostrou muita disposição: obrigou goleiro a fazer grande defesa e sofreu a falta que originou o gol

Veio o segundo tempo e o jogo seguia na mesma toada. Equilíbrio entre as equipes e o Gama mostrando um pouco mais de atitude. Nâo demorou muito e o Ceilândia começou a empurrar o adversário contra o seu campo de defesa. 

Dudu tem sido muito importante: hoje teve mais uma boa atuação
Dudu tem sido muito importante: hoje teve mais uma boa atuação

A posse de bola era quase que completamente do Ceilândia. O Gama deixara apenas dois jogadores avançados. Embora não criasse oportunidades claras de gol, parecia certo que o Ceilândia as criaria mais cedo ou mais tarde.

Badhuga vai ao ataque: Ceilândia pressionou e poderia ter vencido
Badhuga vai ao ataque: Ceilândia pressionou e poderia ter vencido

E não demorou. Aos 20, Alcione por pouco não empatou.  Logo em seguida, Elivelto obrigou o goleiro gamense a fazer grande defesa. Aos 31, o gol do empate. Elivelto avançou em direção à área do Gama e foi derrubado. Felipe Cirne cobrou no canto direito e empatou: Ceilândia 1 x 1 Gama.

Filipe Cirne comemora com David, Elivelto e Alcione.
Filipe Cirne comemora com David, Elivelto e Alcione.

A alegria alvinegra durou pouco. Logo em seguida o Gama teve a melhor oportunidade de gol do jogo, mas David salvou em cima da hora. 

Alcione avança contra o paredão gamense: jogo com cara de mata-mata
Alcione avança contra o paredão gamense: jogo com cara de mata-mata

Naquele momento o jogo era franco. O Ceilândia rondava a área gamense, mas também se expunha aos contra-ataques.  Aos 42 a última oportunidade: Formiga pegou a sobra e cara a cara com o gol bateu torto.

Final de jogo: empate em 1 x 1 e a certeza de que o campeonato está começando agora.

Related Images:

Adelson tem investido em trabalho mental com Felipe Cirne

4 dias para estreia no Candangão 2017

Adelson tem investido em trabalho mental com Felipe Cirne
Adelson tem investido em trabalho mental com Felipe Cirne para que aceite a liderança técnica do time

O Ceilândia volta aos trabalhos nesta terça-feira com os olhos voltados para a estreia no Candangão 2017, sábado, 16h, no Estádio Regional, contra o Real FC. 

O técnico Adelson de Almeida a princípio terá todo o elenco  à sua disposição, com exceção dos jogadores que ainda se encontram à disposição do departamento médico (Matheuzinho e Luan. Michel é um caso à parte dentro do DM).

David é sombra para Didão
David é sombra para Didão

Com três competições a disputar o elenco precisa mudar a página rapidamente.  O elenco parece ser experiente o suficiente para não se perder em meio à sequencia de jogos. A prática vai demonstrar.

O Real é um time novo no futebol do Distrito Federal. Montado sobre a estrutura jurídica do Dom Pedro, o  Real pouco guarda da antiga equipe.  

Emerson Martins duela com Elivelto sob o olhar de David
Emerson Martins duela com Elivelto sob o olhar de David

A Comissão Técnica do Ceilândia avalia que será um jogo muito difícil. Formado com a base do Brasilia 2016, o Real é treinado por Gauchinho.  O treinador tem feito bons trabalhos nos últimos anos.

Do lado alvinegro a cobrança é mais intensa: Apontado como um dos favoritos ao título, o Gato Preto  tem uma grande sequencia de jogos nos próximos dias. Ganhar aumentará o moral da equipe ao mesmo tempo em que garantirá o respeito dos adversários.

Related Images: