Tag: Londrina

Ceilândia vence Londrina e avança na Copa do Brasil

Tarta comandou as ações alvinegras contra o Londrina

O Ceilândia venceu o Londrina por 2 x 0, em jogo válido pela primeira fase da Copa do Brasil 2022.

Vidal e Igor fizeram bom trabalho contra o Londrina

Aplicado taticamente e sob o comando de Tarta e Cabralzinho, o Gato Preto foi melhor que o seu adversário em quase toda a partida.

Cabralzinho e Tarta deram muito trabalho ao Londrina

O Ceilândia tomou a iniciativa no primeiro tempo.  Apesar do domínio, o Gato Preto não criava situações claras de gol.

Liel saiu lesionado. Fernandinho entrou e deu conta do recado

O domínio alvinegro foi aumentando e as chances aparecendo em chutes de longa distância. No primeiro chute de Cabralzinho, a bola passou rente à trave.

Cabralzinho abriu o marcador com este belo gol

Aos 20, não teve jeito. Cabralzinho acertou um belo chute que foi morrer no ângulo direito da meta do Londrina.

Crystian foi importantíssimo taticamente. Saiu cançado.

Após o gol, o Londrina ensaiou uma , mas logo o Ceilândia reassumiu o controle do jogo, amparado na boa atuação da defesa e dos volantes.

Romarinho recebeu atenção especial do Londrina: contribuiu para o gol de Gabriel Pedra

Veio o segundo tempo e o Londrina voltou com mais ímpeto, não o suficiente para levar perigo à meta alvinegra.

Gabriel Pedra bate prensado para fazer Ceilândia 2 x 0. Sacrifício recompensado.

O Ceilândia reequilibrou as ações e, no contra-ataque, Crystian lançou para Romarinho que foi travado pela defesa. Gabriel Pedra aproveitou o rebote para fazer Ceilãndia 2 x 0 aos 20 do segundo tempo.

Gabriel, entre dois Fernandinhos, importante na cobertura.

Com 2×0 no marcador, o Ceilândia pareceu sentir incômodo com a vantagem. Durante uns 5 minutos abusou dos chutões, mas logo retomou o controle das ações.

Ceilândia perdeu ao menos duas boas outras oportunidades

O Gato Preto ainda perderia ao menos duas boas chances de ampliar o marcador, mas não deu.

Gabriel Pedra lutou muito: símbolo de um time que lutou sempre.

A vitória alvinegra foi importante para o planejamento do ano. Agora o Ceilândia enfrenta o Avaí em data a ser marcada. Ceilândia e Avai se enfrentaram pela Copa do Brasil em 2018 com vitória do time catarinense: 3×2

Hoje! Ceilândia pega Londrina pela Copa do Brasil

Léo deve ser o goleiro, apesar de Kayser ter ido bem contra o Paranoá.

O Ceilândia enfrenta daqui a pouco, 15h30, no Regional, o Londrina pela Copa do Brasil.

O sentimento dos lados da Cidade do Gato é a de que o Londrina é o grande favorito até porque é um time de Série B.

Adelson é peça importante no jogo de hoje

Sentimentos à parte, o time trabalhou sabendo que será preciso jogar muito para reverter a vantagem adversária.

O técnico Adelson de Almeida, como sempre, não adiantou o time. Adelson costuma surpreender, mas é provável que a espinha dorsal do time, com Leo, Vidal,  Tarta e Cabralzinho seja mantida.

Romario é opção para o ataque, mas tudo depende de como Adelson vê o adversário.

A dúvida é o ataque. Romario e Romarinho parecem estar em condições de começar. Não seria surpresa.

Adelson tem opções novas, casos de Liel, Watthimem, Falero e Thiago Magno, mas é pouco provavel que mexa tanto na equipe.

Hiury ainda se recupera de lesão e não joga.

Mesmo com os descontos, que são muitos a cota pela segunda fase garantirá salários em dia no alvinegro. Não seria grande coisa para o adversário, mas para o alvinegro significa muito.

 

Março de 2006: Ceilândia elimina o Bahia na Fonte Nova: 2 x 1

Ceilândia x Londrina: Caminho mais curto para a história

Tarta joga fácil: com ele o Ceilândia é muito melhor

O Ceilândia passou para a segunda fase da Copa do Brasil apenas uma vez. E foi em 2006, quando passou pelo Bahia depois de empate em casa, 0x0, e vitória na Fonte Nova, 2×1 (Jonhes e Myron).

Naquele ano, acabou eliminado pelo Fortaleza. Depois disto, o Ceilândia jamais voltou a vencer na Copa do Brasil. Aliás, o Ceilândia jamais venceu pela Copa do Brasil jogando em casa.

Cabralzinho tem sido muito importante. Contra o Londrina, um teste de fogo.

O adversário será o Londrina. O Gato Preto jogou contra o Londrina duas vezes, ambas em 2005. Venceu as duas partidas, a primeira em casa por 3×0 (Adriano, Abimael e Humberto) e a segunda em Londrina por 1×0 (Paulo Santos).

Muitos ainda recordam do clima de guerra enfrentado e dos incidentes desagradáveis na cidade paranaense em 2005.  17 anos depois, muita coisa mudou.

Romarinho fez o seu 18º gol da temporada
Romarinho tem lutado contra as contusões: esperança que possa jogar.

Em 2005, Ceilândia e Londrina estavam no mesmo patamar.  A história do adversário mudou em 2014,  quando subiu da D para Série C.  Em 2015, novo acesso, agora da C para a B, onde permanece.

Se o Londrina tem um bom time e ainda tem a vantagem do empate, o Ceilândia montou o melhor elenco desde 2018. A liderança de Tarta, aliada à experiência de Cabralzinho e ao faro de gol de Romarinho podem fazer a diferença.

O Ceilândia venceu apenas um jogo na Copa do Brasil. E foi fora de casa!
O Ceilândia venceu apenas um jogo na Copa do Brasil. E foi fora de casa! Bahia 1 x 2 Ceilândia em 2006.

O Londrina parece ser um time muito consistente e isto dificulta muito. Não vai ser fácil, mas é preciso estar à autura das necessidades.

O Ceilândia tem alguns trunfos: o estádio acanhado, o gramado, o bom time… eventual calor, não deve fazer diferença. Londrina é uma cidade quente.

Ceilândia elmina o Londrina fora de casa. Gato Seria eliminado nas quartas-de-final pelo Ipatinga em 2005
Ceilândia elimina o Londrina fora de casa: Londrina 0 x 1 Ceilândia . Gato Seria eliminado nas quartas-de-final pelo Ipatinga em 2005

Uma vitória é o caminho mais curto para a história, como foi em 2006 contra o Bahia. Esperar e ver.

Que semana!!! Londrina, Brasiliense e Gama pela frente

Adriano comemora gol da vitória alvinegra sobre o Londrina em 2005

A semana sem compromissos oficiais e a aproximação das estreias na Copa do Brasil e quadrangular semifinal confirmam: foi apenas a calmaria antes da tempestade.

Nesta quarta-feira, precisando da vitória, o Ceilândia estreia na Copa do Brasil contra o Londrina. O empate beneficia o adversário.

O Ceilândia não enfrenta o Londrina há quase 17 anos. Os últimos confrontos foram pela Série C do Campeonato Brasileiro daquele ano. De lá para cá, muita coisa mudou.

Para o jogo desta quarta, contra o Londrina, o  técnico Adelson de Almeida terá à sua disposição alguns jogadores que não poderá contar para o Candangão.

Watthimen e Tiago Magno  vieram do Santa Maria, Falero veio do Unaí. Além destes jogadores, o Ceilândia conta agora com o retorno de Liel.

O tempo é muito curto para que Adelson faça grandes modificações no elenco. Os novos contratados chegam para contribuir em posições carentes  do alvinegro. Adelson deve privilegiar a base do Candangão.

Próximos Jogos do Ceilândia

(7a Rodada)
20:00
Serie D
2022

Anapolis x Ceilândia

(8a Rodada)
15:30
Serie D
2022

Ceilândia x Anapolis

A calma que precede à tempestade

Luverdense se defende bem e aproveita as chances que cria
Na penultima participação alvinegra na Copa do Brasil, 2017, Ceilândia parou no paredão do ABC: 1×1

O Candangão BRB 2022 deu uma parada. Volta dia 5 de março para o jogo entre Ceilândia e Brasiliense, válido pelo quadrangular semifinal.

Antes, daqui a uma semana, o Gato Preto vai a campo pela Copa do Brasil para enfrentar o Londrina-PR. O adversário, pelo melhor ranking, tem a vantagem do empate.

Gago teve muita dificuldade para jogar nesta quarta
Copa do Brasil 2018: Na última participação, Ceilândia não conseguiu parar o Avaí e foi derrotado por 3×2

Esses dias de folga serão importantes para o técnico Adelson de Almeida. O time vinha jogando a cada 3 dias,  o desgaste é algo natural, mas ficar muito tempo sem jogar não é bom.

Ceilândia EC x Londrina

O Londrina já garantiu sua classificação para as quartas-de-final do Paranense 2022. Joga no próximo sáado contra o Rio Branco, em Paranaguá-PR.

No último confronto o Brasiliense goleou o Ceilândia impiedosamente

O Ceilândia nunca escondeu que a sua prioridade no ano é o Candangão. A princípio o confronto contra o Brasiliense está marcado para o sábado, 5/3, às 15h30, no Regional.

Na sequência, o Ceilândia enfrenta Gama e Capital. O Gato Preto decidirá a sua sorte no Candangão entre os dias 5 e 23 de março, quando termina o quadrangular semifinal.