Tag: Bolamense

Ceilândia enfrenta Taguatinga para voltar a lutar por G4

Jairo e Rodriguinho: Tarefa de fazer o Ceilândia vencer para não se distanciar

O Ceilândia joga na manhã deste domingo, 10:30h, no Serejão, contra o Taguatinga. Com os resultados deste sábado, o Ceilândia manteve-se na sexta colocação. A torcida sabe que o elenco é bom e ainda está pegando corpo. Daí é preciso ter calma.

Candangão 2019

PosClubeJVEDGPGCSPts
144001101112
2431070710
343017169
442117527
541303126
641303216

Nos jogos de ontem o Gama venceu o Santa Maria por 3 x 0, o Brasiliense foi até Paracatu e venceu os donos da casa por 1 x 0, enquanto que o Luziânia veio ao Distrito Federal e venceu o Capital por 1 x 0. Com isso o Gato Preto está a oito pontos do líder. É muito!

Gabriel deve ser opção para o jogo de hoje

O primeiro terço do campeonato termina hoje. Alguns times fizeram alguma gordura para a hora mais complicadas, o Ceilândia já perdeu cinco pontos em nove disputados. Sabe que mesmo reconhecendo-se que o elenco é bom e está pegando corpo as cobranças chegarão.

Gago subiu de produção: o Ceilândia é melhor quando joga como time

Para o jogo de hoje o time é uma incógnita. Jairo de Araújo sabe que o time apresentou alguns desequilíbrios táticos contra o Capital e precisa de ajustes. O Gato Preto precisa de uma vitória para se credenciar a voos mais altos.

Artilharia do Candangão 2019

Gol Jogador Time
4 Felipe dos S C Fidencio Luziania
4 Jeferson “Maranhão” Viana Correa Gama
3 Wallace “Tarta” Souza Ferreira Gama
2 Gabriel Luiz Cintra Ceilandia
2 Vitor “Xavier” de C Humeni Gama
2 Almir Lopes de Lima Brasiliense
2 Allan “Allanzinho” R Nunes Luziania
2 Luiz Carlos “Badhuga” da S Gomes Brasiliense
1 Francisco “Romarinho” Romario da S Lima Brasiliense
1 Eduardo J da R Milhomem Real
1 Filipe Cirne Silveira Barretp Real
1 Roger R dos Santos Real
1 Rael O Carvalho Santa Maria
1 Gilson “Gilsinho” A Oliveira Gama
1 Wisman O Santos Gama
1 Lucas “Luquinhas” V F da Silva Brasiliense
1 Natanael “Natan” Gomes do Nascimento Sobradinho
1 Daniel F R da Silva Capital
1 Rodrigo “Barros” Santos Barros Luziania
1 Wallace S de Jesus Ceilandia
1 David Dener R S D da Silva Ceilandia
1 Kabrine C O Lima Ceilandia
1 David “Peninha” Lustosa de Oliveira Brasiliense
1 Rychely C de Oliveira Paracatu
1 Jhonatan da Silva Taguatinga
1 Daniel “Foguinho” Junio Soares Oliveira Formosa
1 Elton Avelino Formosa
1 LUCAS VICTOR S ANDRADE Sobradinho
1 LUIZ FELIPE C MENESES Sobradinho
1 LUCIVANIO “VANINHO” MAMEDE Sobradinho

Fora do G4, Ceilândia tem semana de muitos jogos

Jairo tem armado o time conforme o adversário: banco tem sido importante

O Ceilândia retomou os trabalhos na tarde de ontem, agora com foco na importante partida de meio de semana diante do Capital. Com um jogo a menos, mas ocupando a sexta colocação da competição, o Gato Preto não tem gordura para queimar.

Tatuí foi o motor do time contra o Bolamense: função diferente

A vitória contra o Bolamense foi de certo modo um alívio. Para a torcida, o Bolamense tem sido o saco de pancadas da competição, mas isso não tira o mérito do time. O importante foi ter vencido.

ùltima vez que Ceilândia e Capital se enfrentaram foi em 2014: jogos sempre complicados

Contra o Capital, o time do técnico Jairo Araujo terá um adversário mais organizado em campo, tal como o Capital mostrou contra o Gama. O Ceilândia sabe que, mesmo tendo mostrado um jogo melhor, tendo um elenco melhor, vai ter que construir o resultado.  O Gama soube fazer isso, o Ceilândia também terá de fazê-lo, a exemplo do que fez nos últimos dois confrontos.

Classificação Candangão 2019

PosClubeJVEDGPGCSPts
144001101112
2431070710
343017169
442117527

O técnico Jairo Araújo tem armado o time conforme o adversário. Foi assim contra o Real e foi assim também diante do Bolamense. Por essas razões é possível crer que teremos um Ceilândia diferente diante do Capital. O jogo será amanhã, quarta, 20h, no Mané Garrincha.

 

Ceilândia goleia Bolamense: 4 x 0

Wallace foi eficiente: abriu o marcador para o Ceilândia

O Ceilândia não teve dificuldades para vencer o Bolamense na tarde deste domingo no Abadião. O Gato Preto começou com uma escalação bastante ofensiva. O Bolamense veio com uma postura bastante defensiva.

Dener foi muito cobrado pela torcida contra o Real: premiado com um gol

O Ceilândia, talvez pelo calor, cadenciou o jogo e esperou a oportunidade surgir. Aos 10 minutos, Wallace recebeu belo passe em profundidade e abriu o marcador. Ceilândia 1 x 0.

Vinicius ainda não foi testado: Bolamense não deu trabalho

Depois do gol, o Ceilândia acomodou-se um pouco e cedeu campo para o Bolamense. O adversário, contudo, padecia de enormes dificuldades no último passe, enquanto a defesa do Ceilândia mostrou-se firme nesses momentos.

Helinho e Ronaldo: pouco trabalho defensivo.

Aos poucos as chances foram surgindo e o Ceilândia as perdeu seguidamente.   O segundo gol veio aos 45. Com muita insistência, Dener tentou a primeira vez e parou no travessão, na sequencia cabeceou para o fundo do gol.

O Ceilândia perdeu muitos gols.

Veio o segundo tempo e parecia que o Ceilândia parecia que voltaria com mais intensidade. O calor e a vantagem não deixaram. A partida seguiu morna. O Ceilândia era sempre perigoso e criava aqui e acolá chances de gol e desperdiçava.

Wilker deu muito trabalho, mas foi infeliz em ao menos três oportunidades de gol

Jairo colocou Gabriel no lugar de Tatuí, até então motorzinho do time,  poupado por Jairo Araujo. Formiga entrara no lugar de Wallace. O Ceilândia caiu um pouco de produção. Aos 30, contudo,  Cocada subiu para cabecear e foi seguro. Penalti claro e que foi convertido por Kabrine.

Kabrine comemora com a torcida: Ceilandia 3 x 0

O Ceilândia seguiu controlando o jogo, sem fazer muita força, mas perdendo oportunidades de gol.  Aos 46, no apagar das luzes, Wilker que sofrera nas vezes em que estivera frente a frente com o goleiro, dessa vez deu uma assistência perfeita para Gabriel. Gabriel não perdoou: Ceilândia 4 x 0 e final de jogo.

Gabriel comemora o quarto gol do Ceilândia, o seu segundo no campeonato

No meio de semana o Ceilândia enfrentará o Capital. Jogo que tende ser mais complicado que o de hoje, mas o Gato Preto não pode se dar ao luxo de pensar em outra coisa que não a vitória.

Ceilândia tenta vitória contra o desesperado Bolamense

Vavá deu muito trabalho para a defesa do Bolamense, cansado, foi substituído no final
O Ceilândia é um time completamente mudado em relação a 2018 quando venceu por 2 x 1

O Ceilândia enfrenta daqui a pouco, 16h, no Abadião, o Bolamense. O Gato Preto estreou com um empate diante do Real. A equipe esteve relativamente bem em sua estreia.

O mais importante, naquele momento, foi avistar os conceitos adotados pelo time alvinegro de 2019.  E nisso o time foi bem. Soube sofrer quando precisou sofrer, recuperou-se, controlou o jogo e só não venceu porque, como era de se esperar, ainda tem muito que evoluir.

Comemoração dura pouco: Ceilândia já pensa no Capital.

Para a partida de logo mais a esperança é que Jairo Araujo já possa contar com os jogadores contudidos como Caio, Romario e Formiga. Exceção para Dudu Lopes que não deve jogar tão cedo. Outras peças foram colocadas à disposição de Jairo, casos de Tatuí, Luan, David Oliveira e Raphael.

O jogo é importante para ambas as equipes:  O adversário vem de duas derrotas e precisa desesperadamente de um bom resultado. Para o experiente Gato Preto o jogo é importante porque o time joga em busca de sua primeira vitória.

Líderes vencem. Ceilândia faz apronto para Bolamense

Gago dispara conta a meta do Bolamense: um dos 3 remanescentes

O início da segunda rodada trouxe vitórias de Gama e Brasiliense, além de vitória do Real. Com esses resultados, Gama e Brasiliense mantiveram cem por cento de aproveitamento. Enquanto isso, o Ceilândia se prepara para enfrentar o Bolamense no domingo, no Abadião.

Cocaca tem sido um dos mais importantes jogadores do Gato Preto em 2018. Superou a infelicidade com o apoio de Cauê e foi importante na vitória
Cocaca tem sido um dos mais importantes jogadores do Gato Preto em 2018. Superou a infelicidade com o apoio de Cauê e foi importante na vitória

Da equipe tida como titular em 2019, apenas Cocada, Gago e Wallace foram titulares no confronto com o Bolamense em 2018.  No único confronto até agora, o Ceilândia foi superior o tempo todo, mas teve que suar bastante para virar um jogo que saiu atrás no marcador (Allan Dellon e Cauê fizeram os gols).

Wallace tem sido importante em 2019: participou da vitória em 2018

Nesta quinta, o Ceilândia entra na fase final da preparação para o jogo  contra o Bolamense. Os resultados de ontem colocam alguma pressão no time alvinegro.  A se tirar pela apresentação de domingo, o Ceilândia tem tudo para conseguir a sua primeira vitória e voltar a encostar nos líderes.

DF-2019

PosClubeJVEDGPGCSPts
144001101112
2431070710
343017169
442117527
541303126

Tatuí regularizado. Wilker ganhou elogios

Ceilândia teve muita dificuldade contra o Real.

Depois dos problemas burocráticos que o impediram de jogar contra o Real, Tatuí enfim está regularizado. O atacante está à disposição de Jairo Araujo e pode jogar domingo, 16h,  no  Abadião, diante do Bolamense.

Nome
Tatuí
Posição
Atacante
Altura
1,70m
Peso
69kg
Ligas
Campeonato Candango
Temporadas
2019
Nascimento
14 de outubro de 1991
Idade
27

Na partida contra o Real jogou Wilker, e o jovem atacante não decepcionou. Wilker começou pela direita e ajudou defensivamente no pior momento do Ceilândia no jogo. Quando  o Ceilândia equilibrou o jogo,  Wilker fez o simples, dando ritmo ao jogo, fazendo a bola rolar.

Wilker jogou em ambos os lados do campo: peça importante

Na segunda etapa, Wilker já estava mais confiante e deu muito trabalho para a defensiva do Real. Como todos os jogadores, Wilker ainda não está no auge de suas condições, mas mostrou que pode ser útil.

Nome
Wilker
Posição
Atacante
Ligas
Campeonato Candango
Temporadas
2019
Nascimento
30 de junho de 1998
Idade
20

Nesta quarta o Ceilândia treina em apenas um período. Na quinta faz o apronto para a partida contra o Bolamense.

 

Lateral é problema. Romário e Formiga podem voltar.

Ronaldo deixou o campo lesionado na perna direita: Ceilândia teve que improvisar

O treinador Jairo Araujo tem uma série de problemas para administrar nesta semana. O maior problema está na lateral-direita: Dudu lesionou-se gravemente na semana passada e está fora dos planos. Com uma lesão no joelho, o jogador do elenco atual que mais vezes atuou pelo Ceilândia revive o drama de 2015.

Tatuí teve problemas na regularização. Formiga está machucado.

O outro problema é Ronaldinho. O jogador que fez a sua estreia no final de semana, saiu de campo lesionado e também é dúvida. De qualquer sorte, o Ceilândia já foi ao mercado em busca  de um lateral-direito.

Dudu fez talvez sua melhor apresentação com a camisa alvinegra. Adelson costuma alternar os laterais
Dudu volta a sofrer com lesão.

Romario e Formiga também estão lesionados e  por isso não enfrentaram o Real A expectativa é de que ambos estejam em condições de enfrentar o Bolamense no final de semana.

Erisson foi improvisado na lateral

O outro problema e extracampo. Problemas administrativos impediram o correto registro de Tatuí. Os documentos foram novamente encaminhados à CBF para que o nome seja publicado no BID.

Jairo observa: Ceilândia precisa de contratar

O Gato Preto retomou os trabalhos nesta segunda. Hoje,  treino leve no CT pela manhã e academia no período da tarde.

Didão fez gol contra o Paranoá no ano passado.

Com sete times embolados na classificação, Gato Preto enfrenta Paranoá

Willian Gabriel: vai precisar, como todos, está preparado para os jogos finais
Ceilândia precisa vencer o Paranoá: em 2017, 3×0 para o Gato Preto

O Gato Preto  volta a campo esta tarde, no Regional de Ceilândia, buscando consolidar-se no G4 do Candangão 2018.  Um resultado negativo pode jogar o Ceilândia para a sétima colocação da fase de classificação.

Candangao 2018

PosClubeJVEDGPGCSPts
117103425121333
21710342416833
31593325111430
41373323131024
5154921713421
6135352019118
7135351417-318
8133551218-614
911317816-810
10112271322-98
1111137719-126
1211128719-125

Nos outros jogos do dia, o Paracatu pode assumir a liderança do competição se vencer o Luziânia e o Brasiliense recebe o Bolamense. Neste momento, sete equipes parecem consolidadas no G8. As rodadas finais reservam confrontos diretos entre essas equipes, o que  diminui o impacto dos jogos a menos que alguns competidores possuem.

Didão fez gol contra o Paranoá no ano passado.
Didão fez gol contra o Paranoá no ano passado.

Para o jogo de hoje à tarde Adelson deve manter a base que venceu o Bolamense. Com um elenco equilibrado, é possível que Adelson administre desde cedo os seus atletas, diminuindo o desgaste da sequência de jogos que o alvinegro terá.

Formiga deve continuar de fora. Wallace Jesus esteve bem contra o Bolamense, mas ainda ressente-se da falta de ritmo. O mesmo acontece com Alcione que voltou a jogar depois de longa data. Uma das referências do elenco, Alcione jogou poucos minutos nos últimos 9 meses.

CBF divulgou tabela básica da D-2018. Ceilandia volta enfrentar Sinop
CBF divulgou tabela básica da D-2018. Ceilandia volta enfrentar Sinop

Ontem, a CBF apresentou a tabela básica da Série D 2017. O Ceilândia está no Grupo A11, ao lado de Sinop-MT, Novo-MS e Aparecidense-GO. O Gato Preto estreia no dia 21/22 de abril, em casa, contra o Sinop-MS. A tabela complica a vida do Ceilândia que depois sai para enfrentar Aparecidense e Novo.  A vida do Ceilândia será decidida nos três primeiros jogos.

Jogos do Ceilandia na D-2108

DataJogoLigaTemporadaEstádio
Serie D2018Regional de Ceilândia
Serie D2018Estadio Pedro Pedrossian
Serie D2018Estadio Anibal Batista de Toledo
Serie D2018Municipal Massami Uriu
Serie D2018Estadio Anibal Batista de Toledo
Depois de Bolamense, Ceilândia terá pela frente o Paranoá

Gato já se prepara para enfrentar o Paranoá. FFDF e CBF divulgam tabelas

Sequencia de jogos do Ceilândia
Sequencia de jogos do Ceilândia

A FFDF publicou em seu site as datas dos jogos restantes, agora incluindo a data do jogo entre Ceilândia e Brasiliense. Com isso, a última rodada da fase de classificação passa para o meio de semana e a primeiro rodada do mata-mata para o fim de semana seguinte.

Serie D: Tabela deve sair hoje. Preocupação com a logistica das longas viagens
Serie D: Tabela deve sair hoje. Preocupação com a logistica das longas viagens como para Sinop.

No plano nacional, a CBF promete divulgar ainda nesta terça a tabela básica da Série D 2018. Na cidade do Gato existe expectativa com relação aos adversários e, mais que isso, preocupação em evitar longas viagens. A maior preocupação está em ficar ao lado de Corumbaense e Sinop porque a logistica para estas cidades é complicado ao somar, nos dois casos,  sete horas de viagem de ônibus à viagem de avião.

Emerson Martins: Um dos destaques do time,  discreto contra Bolamense
Emerson Martins: Um dos destaques do time, discreto contra Bolamense

Voltando ao plano local, o Ceilândia se reapresentou nesta segunda visando o jogo desta quarta contra o Paranoá. O campeonato começa a se afunilar e todo o cuidado agora é pouco. No momento, o Ceilândia está na quarta posição com 10 pontos. Também com 10 pontos estão Brasiliense, Real e Luziânia. Qualquer tropeço pode custar caro.

Depois de Bolamense, Ceilândia terá pela frente o Paranoá
Depois de Bolamense, Ceilândia terá pela frente o Paranoá

A princípio Adelson não deve ter problemas para escalar a equipe que não aqueles já conhecidos. Kabrine já figurou no banco no último final de semana. Formiga vivia um bom momento, talvez o seu melhor momento com a camisa do Ceilândia, mas deve continuar de fora.

 

Elivelto fez a diferença em um dia no qual Gago.,,,

Ceilândia passa por Bolamense e volta ao G4

 

Cocaca tem sido um dos mais importantes jogadores do Gato Preto em 2018. Superou a infelicidade com o apoio de Cauê e foi importante na vitória
Cocaca tem sido um dos mais importantes jogadores do Gato Preto em 2018. Superou a infelicidade com o apoio de Cauê e foi importante na vitória

O Gato Preto deu um importante passo rumo à classificação para as quartas-de-final do Candangão 2018 ao vencer o Bolamense por 2 x1, jogo disputado neste domingo, no Regional de Ceilândia.

Vavá deu muito trabalho para a defesa do Bolamense, cansado, foi substituído no final
Vavá deu muito trabalho para a defesa do Bolamense, cansado, foi substituído no final

O Ceilândia esteve melhor que o seu adversário na maior parte do tempo. O primeiro tempo, por exemplo, foi unicamente do Gato Preto. O Ceilândia teve a quase totalidade da posse de bola. Como o Bolamense marcava a partir do seu campo de defesa, o Gato Preto teve dificuldade para chegar à intermediária defensiva do valente estreante do Candangão.

Elivelto fez a diferença em um dia no qual Gago.,,,
Elivelton fez a diferença em um dia no qual Gago.,,,

O jogo seguia com o Ceilândia com a iniciativa do jogo, mas sem criar situações claras de gol, até os 24 minutos do primeiro tempo, até que, Cocada, que tem sido um dos grandes nomes do Gato Preto em 2018, desentender-se com Wendell e fazer contra. O gol parecia uma ducha de água fria nos ânimos alvinegros, mas o time respondeu à altura.

... (Gago) comandou as ações ofensivas no primeiro tempo, mas foi anulado no segundo...
… (Gago) comandou as ações ofensivas no primeiro tempo, mas foi anulado no segundo…

Depois de sair atrás no marcador, o Ceilândia empurrou o Bolamense contra o seu campo de defesa e não se deixou enervar com os seguidos erros da arbitragem, a favor e contra o Ceilândia.

Wallace Jesus tem sido uma surpresa posiiva: penalti sofrido e muito trabalho
Wallace Jesus tem sido uma surpresa posiiva: penalti sofrido e muito trabalho

Aos 17, antes de sofrer o primeiro gol do jogo, o Ceilândia reclamou de penalti marcado (mão dentro da área) pela arbitragem. Aos 32, a arbitragem viu pênalti que, sem replay, era no mínimo discutível e a favor do Ceilândia. Elivelton bateu e empatou o jogo: 1 x 1.

Elivelto comandou a virada: na imagem, falta dentro da área, mas o árbitro deu falta fora... Allan Dellon, na cobrança, virou o jogo
Elivelton comandou a virada: na imagem, falta dentro da área, mas o árbitro deu falta fora… Allan Dellon, na cobrança, virou o jogo

Com o empate, o Ceilândia foi ao ataque e começou a criar seguidas situações de gol. Aos 37, Elivelton invadiu a área adversária e foi derrubado. Penalti claro!  O árbitro assinalou falta fora da área. Allan Dellon, um dos grandes ídolos da história alvinegra, cobrou a falta com perfeição e virou o jogo: Ceilãndia 2 x 1.

Allan Dellon comandou as ações alvinegras!!Allan Dellon comandou as ações alvinegras!!
Allan Dellon teve boa atuação e fez o gol da virada alvinegra!!

Veio o segundo tempo e o Bolamense voltou melhor. O adversário assumiu o controle das ações, perdeu uma ou duas boas oportunidades, mas o Ceilândia chegou sempre com mais qualidade, principalmente na parte final do encontro.

Ronan entrou no segundo tempo e deu novo ânimo ao ataque alvinegro, mas não foi desta vez que o gol saiu
Ronan entrou no segundo tempo e deu novo ânimo ao ataque alvinegro, mas não foi desta vez que o gol saiu

Para o torcedor ficou a sensação de que o Ceilândia poderia ter conquistado um resultado com uma vantagem ainda mais ampla. No mundo real, ficou a certeza de que o Gato Preto ainda é um time em formação e o resultado tanto expressa uma melhor qualidade alvinegra quanto a certeza de que Adelson tem boas peças e muito trabalho pela frente.

Classificação do Candangão 2018

PosClubeJVEDGPGCSPts
117103425121333
21710342416833
31593325111430
41373323131024
5154921713421
6135352019118
7135351417-318
8133551218-614
911317816-810
10112271322-98
1111137719-126
1211128719-125

 

Cocada e Cauê forma a última linha defensiva do Ceilândia

Buscando a classificação, Ceilândia tem promessa de jogo complicado

Cocada e Cauê forma a última linha defensiva do Ceilândia
Cocada e Cauê forma a última linha defensiva do Ceilândia

O Gato Preto  entra em campo às 15h30 deste domingo, no Abadião, para enfrentar o Bolamense. O adversário é estreante na competição e está a um ponto do Ceilândia que tem sete. Em 2017 foram necessários 12 pontos para garantir a classificação, mas são necessários ao menos 17 pontos para se garantir no G4.

Ceilândia unido para enfrentar o Bolamense
Ceilândia unido para enfrentar o Bolamense

Na Cidade do Gato prega-se respeito ao adversário. Embora não tenha ido bem contra Paracatu e Sobradinho, o Bolamense conquistou resultados importantes contra equipes de maior investimento, como Real e Gama.

Do lado alvinegro há dúvidas em relação à presença de Formiga. Adelson teve oportunidade de testar a formação que irá a campo neste domingo, mas mantém reserva quanto a divulgação.

 

 

Kasado é uma das novidades do Ceilândia em 2018

Ceilândia versus Bolamense deve ser no Abadião

Kasado é uma das novidades do Ceilândia em 2018
Kasado é uma das novidades do Ceilândia em 2018

Os resultados do meio de semana levaram o Ceilândia à quinta posição no Candangão 2018. O jogo deste final de semana, contra o Bolamense, provavelmente será disputado no Abadião, domingo,  15h30.

Classificação DF-2018

PosClubeJVSPts
117101333
21710833
31591430
41371024
5154421

Ainda que o jogo seja dispuado no Regional de Ceilândia, o  mando será do Bolamense que já mandou o jogo de ontem, contra o Luziânia, no local. O Ceilândia deve ter alterações.

Bolamense FC

DataJogoResultadosLigaTemporadaEstádio
Campeonato Candango2019Regional de Ceilândia
Campeonato Candango2019Elmo Serejo
Campeonato Candango2019Frei Norberto
Campeonato Candango2019Regional de Ceilândia
Campeonato Candango2019Regional de Ceilândia
Campeonato Candango2019
Campeonato Candango2019Walmir Campelo
Grupo AJuniores2018
Grupo AJuniores2018
Grupo AJuniores2018
Grupo AJuniores2018
Grupo AJuniores2018
Campeonato Candango2018Diogo Francisco Gomes
Campeonato Candango2018Diogo Francisco Gomes
Campeonato Candango2018Elmo Serejo
Campeonato Candango2018Samambaia
Campeonato Candango2018Estádio Nacional
Campeonato Candango2018Regional de Ceilândia
Campeonato Candango2018Regional de Ceilândia
Campeonato Candango2018Serra do Lago
Campeonato Candango2018Elmo Serejo
Campeonato Candango2018Elmo Serejo
Campeonato Candango2018Walmir Campelo

As alterações se devem a questões de ordem física. Formiga saiu lesionado do jogo contra o Avaí pela Copa do Brasil. Kabrine teve tempo para se recuperar e pode ser opção.  Adelson costuma montar a sua equipe conforme suas impressões sobre o adversário e isso pode levar a outras alterações.

O Bolamense surgiu a partir do Armagedon Metropolitana. Na ilustração, o time de 2010
O Bolamense surgiu a partir do Armagedon Metropolitana. Na ilustração, o time de 2010 quando o mascote ainda era um Carcará

Ceilândia e Bolamense jamais se enfrentaram na história da competição. Estreante na competição, o Bolamense encontra-se um ponto atrás do Ceilândia na oitava posição. O jogo desse final de semana ganha contornos interessantes.

 

 

Rogerio Juidecce, Adelson e Cassius: muito trabalho antes da sequencia de jogos

Ceilândia: 8 jogos em menos de um mês. Domingo: Bolamense

Rogerio Juidecce, Adelson e Cassius: muito trabalho antes da sequencia de jogos
Rogerio Juidecce, Adelson e Cassius: muito trabalho antes da sequencia de jogos

O Ceilândia sofreu com a sequência de jogos no mês de janeiro e início de fevereiro. O desgaste era visível de alguns atletas, principalmente no segundo tempo.  O efeito dos jogos sobre Formiga surgiram em forma de contusão. Gago também sentia a sequência de jogos.

Adelson deve estar agradecendo a semana de folga para recuperar os atletas desgastados. Rogerio Giudecce terá tempo para realizar o polimento no preparo físico dos atletas para uma sequência inimaginável de jogos, trabalho que não teve tempo de realizar com a sequência de jogos disputados.

O Ceilândia deve realizar 8 jogos em aproximadamente um mês. Depois, a se classificar para o mata-mata, o Ceilândia enfrentará outra maratona de jogos, agora decisivos.

Para o jogo deste final de semana, Adelson não deverá contar com Formiga. É difícil apontar um jogador no elenco que possa desempenhar a função tática que Formiga tem desempenhado. Nenhuma mudança é tão simples. Ronan e Wallace Jesus seriam as opções mais óbvias, mas isso implica mudar a maneira de jogar. Esperar e ver.