Tag: Juniores

Ceilândia derrotado pelo Flamengo-RJ pela Copa do Brasil Sub20

Impossível encontrar fotografias do jogo. Esta aqui aparentemente é de Cahe Motta do GloboEsporte

Os meninos do Ceilândia foram derrotados pelo Flamengo nesta quinta-feira e estão fora da Copa do Brasil Sub20. 

O time do técnico Léo Roquete fez o possível, mas no final a diferença na preparação cobrou seu preço. O Ceilândia tomou três gols nos minutos finais da partida e foi derrotado por 4 x 0.

Delegação do Ceilândia na Copa do Brasil 2019 Sub 20

As redes sociais são ambientes tóxicos. A discussão é rasa e não é possível, mesmo aqui, em 450 palavras, ser muito profundo. O fato é que o Ceilândia fez uma partida dentro de suas possibilidades. Simples assim. 

Há uma diferença enorme na preparação das equipes. O Ceilândia teve 2 semanas, o Flamengo teve 3.  A diferença é que enquanto o Ceilândia se dividia com as tarefas do dia-a-dia, o Flamengo fazia uma “intensa preparação física, tática, técnica e mental, período que incluiu uma mini pré-temporada no CT do Hotel Fazenda China Park, em São Domingos, no Espírito Santo, além de treinamentos no Rio de Janeiro”.

O jogo foi jogo de um time só. O Ceilândia se defendia, o Flamengo atacava. Matheus foi um grande nome do jogo, mas o Ceilândia poderia ter saído na frente logo aos 4 com Vitor Mariano.  Depois disso, só deu Flamengo até que aos 19, Bill fez o primeiro gol do jogo.

O primeiro tempo terminou com esse gol. Veio o segundo tempo e o jogo ficou mais amarrado. Ainda assim o Flamengo chegava com mais perigo, mas sem obrigar Thiago a  trabalhar. Aos 23, penalti para o Flamengo. Yuri cobrou e fez 2 x 0.

O Ceilândia que vivia seu melhor momento no jogo se desequilibrou. Aos 28  , Rodrigo Muniz fez 3×0. Aos 36, Rodrigo Muniz fez 4 x 0. 

O resultado reflete muitas coisas: a melhor preparação, a melhor estrutura e até mesmo eventual melhor jogo do Flamengo. O resultado não reflete uma coisa: o quão valorosos são todos os meninos do Ceilândia e sua comissão técnica.

O Ceilândia ainda disputará a Copa do Brasil Sub 17.

O Ceilândia jogou com Matheus, Daniel Patrick, Bolt (Sales),  Artur (Igor), Davi,  Rodrigo,  Luan, Klyverson (Junior), Abídio (Gabriel), Vitor Mariano e  Lucas Tavares (Lorran). 

Matheus, Luan, Klyverson, Vitor Mariano receberam amarelo.

 

Copa São Paulo: o maior desafio

Os juniores embarcam para São Paulo às 17h deste primeiro dia do ano (erramos na primeira postagem dizendo que o embarque seria ontem) Na bagagem, a esperança de uma boa campanha.

Serão quase 24 horas de viagem até Andradina, no Oeste Paulista, onde o time estréia depois de amanhã.

Atual campeão do DF, Juniores do Ceilândia estreiam quinta-feira na Copa São Paulo

Campeão do DF: Juniores terão grupo difícil

O Grupo do Ceilândia na Copa São Paulo será muito difícil. O Gato Preto sabe o tamanho da dificuldade. Na fase de preparação o Ceilândia pôde medir forças contra dois adversários que estarão na competição: Trindade e Vila Nova.

Há sempre a preocupação com uma boa campanha. A se tirar pelos resultados contra Trindade e Vila Nova os analistas acreditam que o Gato Preto não é um dos favoritos, mas também não está na parte de baixo da tabela.

Gato Preto venceu um jogo e empatou outro contra o Trindade.

Na preparação: 1 vitória, 1 empate e 2 derrotas

O Ceilândia enfrentou o Trindade duas vezes. Venceu a primeira no Goiás por 1 x 0 e empatou a segunda, em casa, em 1 x 1.

Os resultados podem não significar muita coisa, mas são um sinal de que o Ceilândia tem um bom time. O Gato Preto sofreu no segundo jogo, uma partida equilibradíssima contra um Trindade que é definitivamente um bom time.

A diferença de nível pode ser sentida nos desafios contra o Vila Nova: dois jogos, duas derrotas

Ceilândia fez jogos difíceis contra o Vila Nova: que foi sempre melhor

Vila Nova: a maior lição

A maior lição veio nos confrontos contra o Vila Nova-GO. O time goiano, tecnicamente está no mesmo nível do Ceilândia, mas mostrou algo que o Gato Preto precisa estar preparado: a força física.

O Vila Nova é um time que estava um nível acima do Ceilândia na fase de preparação. Apresentou ao Gato Preto um estilo de jogo para o qual precisa estar preparado.

O Ceilândia não fez feio. Os jogos foram equilibrados, mas era no detalhe que o Vila mostrava sua superioridade. Na Copa São Paulo, o Gato vai precisar superar esse tipo de jogo com concentração. Técnica o time mostrou possuir.

Gleyton Arianni e equipe da BTN

Fé na comissão Técnica

O trabalho da Brasília Novos Talentos com Gleyton Arianni e Leo Roquete tem sido fantástico. Apenas este ano, o Ceilândia sagrou-se campeão nos juniores e no juvenil.

O trabalho que levou o time a Copa São Paulo começou bem antes e passou pela disputa do  Karel Stegeman International Youth Tournamen na Holanda.

A competência da Comissão Técnica e os resultados na fase de preparação dão a certeza de que o Ceilãndia pode fazer uma boa campanha. Não é o favorito, mas é um time humilde, com boa técnica e que precisa ser respeitado.

Os adversários

Ceilândia terá Adversários de peso na fase de grupo

O Ceilândia estreia contra o Ceará. O adversário remodelou a equipe e essa é a única boa notícia para o Ceilândia. O time cearense contou com competições ao longo do ano algo que lhe permite chegar na Copa São Paulo com um pouco mais de ritmo de jogo que o Gato Preto.

A segunda partida do Ceilândia será contra o Andradina. O adversário vem treinando para a Copa São Paulo há seis meses. Nesse período realizou diversos amistosos.

Por fim, o Gato Preto enfrenta a Ponte Preta, esta sim a grande favorita do grupo. O time de Campinas foi bem no Estadual e vem de excelentes resultados na fase de preparação.

Juniores: Ceilândia enfrenta Vila Nova-GO na Cidade do Gato

Ceilândia se prepara para a Copa São Paulo 2019

O dia promete ser movimentado na Cidade do Gato. O time profissional dá os seus primeiros passos na preparação para o Candangão 2019. Enquanto isso, o time de juniores faz mais um amistoso preparatório com vistas à Copa São Paulo.

No último amistoso, o Ceilândia sofreu para empatar com o Trindade-GO

O adversário dos juniores será o Vila Nova-GO que  também se prepara para a Copa São Paulo 2019. O time goiano está no Grupo 18, ao lado de Paulista, Red Bull e Porto-PE. O Ceilândia está no Grupo 1, ao lado de Andradina-SP, Ceará e Ponte Preta-SP.

Os times já se enfrentaram nessa fase de preparação. No jogo disputado em Goiânia, o Vila Nova venceu o Ceilândia por 2 x 1.  No seu último amistoso, o Ceilândia não fez uma grande partida e sofreu para empatar com o Trindade em 1×1.

Ceilândia iniciou trabalhos com vistas à Copa São Paulo

Juniores iniciam trabalhos visando Copa São Paulo

Ceilândia iniciou trabalhos com vistas à Copa São Paulo
Ceilândia iniciou trabalhos com vistas à Copa São Paulo

Os juniores do Ceilândia se reapresentaram nesta quarta-feira e já iniciaram a preparação com vistas a Taça São Paulo 2019.

A apresentação foi na Cidade do Gato e contou com a presença do Presidente do Ceilândia licenciado Ari de Almeida e do técnico do time profissional Jairo, além de Rodriguinho, auxiliar técnico.

O Coordenador-Geral Gleyton Ariani dá a boas-vindas aos atletas
O Coordenador-Geral Gleyton Ariani dá a boas-vindas aos atletas

A Comissão Técnica reconhece que a Taça São Paulo é uma competição muito difícil, mas está otimista: “O Ceilândia manteve a base campeã do DF e ainda trouxe algumas reforços”.

Bruno Zica, Jhonata Serejo, Leonardo Roquete, Gleyton Ariani e Fred Oliveira: Comissão Técnica dos Juniores
Bruno Zica, Jhonata Serejo, Leonardo Roquete, Gleyton Ariani e Fred Oliveira: Comissão Técnica dos Juniores

Na origem da confiança está o bom trabalho que a equipe comandada por Gleyson vem realizando já há alguns anos.
Somado ao bom trabalho dessa equipe, o Ceilândia inaugura uma parceria importante com a T-Soccer, empresa gerenciada por Anderson Talisca, atualmente no Guangzhou Evergrande, da China.

Jogadores iniciaram a preparação física: na pauta, muito trabalho
Jogadores iniciaram a preparação física: na pauta, muito trabalho

A Taça São Paulo deve ser disputada entre os dias 2 e 25 de janeiro de 2019.

Lucas Portela comemora o gol do título

Ceilândia bate Legião e é Campeão Candango de Juniores 2018

Juan fez o primeiro gol do Ceilândia cobrando pênalti.
Juan fez o primeiro gol do Ceilândia cobrando pênalti.

O Ceilândia sagrou-se Campeão Candango de Juniores do Distrito Federal em 2018. Jogando na tarde deste sábado, no Bezerrão, o Gato Preto precisou de cento e vinte minutos para vencer o Legião e voltar a ser campeão de juniores.

Christian nada pode fazer no gol de empate do Legião
Christian nada pode fazer no gol de empate do Legião

A decisão opunha os times de melhores campanhas na competição. O Ceilândia teve a iniciativa do jogo na maior parte do tempo, mas não conseguiu traduzir esse domínio em situações claras de gol. O mesmo se diga do Legião nos momentos em que tomou a iniciativa do jogo.

O Ceilândia esteve melhor na maior parte do tempo
O Ceilândia esteve melhor na maior parte do tempo

Assim, os gols vieram em bolas paradas.  O Gato Preto saiu na frente logo aos 13 minutos. Warley foi derrubado dentro da área e o árbitro assinalou o pênalti. Juan bateu firme, à direita do gol adversário e abriu o marcador.

Técnico Leo Roquete mexeu muito no time no segundo tempo
Técnico Leo Roquete mexeu muito no time no segundo tempo

Não deu tempo sequer para comemorar.  Três minutos depois o Ceilândia errou na saída de bola. Na sequência, o árbitrou assinalou falta que foi cobrada com perfeição: Ceilândia 1 x 1 Legião.

Torcida levou faixas para apoiar jogadores
Torcida levou faixas para apoiar jogadores

O Ceilândia sofreu o impacto emocional do gol, mas logo se recompôs. O primeiro tempo terminou em 1 x 1.

Veio o segundo tempo e o Ceilândia continuou melhor, mas mostrava as mesmas dificuldades no último passe que no primeiro tempo. Na segunda metade do segundo tempo o panorama do jogo mudou. O Legião assumiu o controle da partida.

Lucas Portela comemora o gol do título
Lucas Portela comemora o gol do título

Tal qual o Ceilândia, o Legião também tinha dificuldade para criar situações claras de gol e o tempo regulamentar terminou em 1 x 1 .

Comissão Técnica espera ansiosa pelo término da partida

Veio a prorrogação e o Ceilândia voltou a tomar a iniciativa do jogo. Já havia espaços entre as linhas defensivas de ambas as equipes, mas ninguém criou situação clara de gol.

Festa alvinegra: Ceilândia campeão

Veio o segundo tempo da prorrogação e a cobrança de penalidades parecia algo real. Não foi isso que aconteceu. Abdio invadiu a área do Legião e foi derrubado. Penalti! Lucas Portela cobrou e fez Ceilândia 2 x 1 aos 5 minutos.

Só não foi possível fotografar a entrega do troféu: mas está valendo
Só não foi possível fotografar a entrega do troféu: mas está valendo

Depois disso, o Ceilândia cuidou em segurar o jogo. O Legião não tinha forças e o Gato Preto controlou a partida até o apito final. Depois de 31 anos, mesmo tendo sido campeão em todas as categorias de base do Distrito Federal, inclusive sub 20, enfim  o Ceilândia volta a ser Campeão Candango de juniores.

Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa

Ceilândia decide Juniores 2018 neste sábado contra o Legião

Ceilândia sofreu mais que deveria. Sales defende sobre a linha
Ceilândia sofreu mais que deveria contra o Formosa: estar preparado para sofrer é importante em decisões

Ceilândia e Legião decidem neste sábado, 15h, no Bezerrão, o Campeonato Candango de Juniores 2018. O evento premia as duas mais regulares equipes de uma competição extremamente equilibrada.  Opõe, também o melhor ataque, o Legião com 24 gols, contra a melhor defesa, a do Ceilândia com 2 gols sofridos.

Ceilândia teve pouco espaços, mas foi melhor na maior parte do tempo
Em 2017, Ceilândia eliminou o Legião nas quartas-de-final do Metropolitano de Juniores

O Ceilândia chega à final vindo do grupo da morte, onde enfrentou Real (eliminado pelo Legião) e Cruzeiro, clubes que decidiram a competição em 2017.

Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa
Abdio passou em branco no último jogo contra o Formosa, mas é esperança de gol alvinegra

Para essa partida há a expectativa de que o Ceilândia consiga jogar um pouco mais com a bola, mas mantenha a eficiência dos dois jogos contra o Formosa. De qualquer forma e apesar de o Ceilândia parecer ser um time mais maduro, o fato é que trata-se de uma decisão muito equilibrada a ser decidida nos detalhes.

RESULTADOS DE CEILÂNDIA E LEGIÃO NOS JUNIORES 2018

Ceilândia vence e está na final do Metropolitano de Juniores 2018

Juniores: Ceilândia passa por Formosa e está na final

Ceilândia sofreu mais que deveria. Sales defende sobre a linha
Ceilândia sofreu mais que deveria. Sales defende sobre a linha

O Ceilândia está na final dos Juniores 2018. Não foi fácil. O Formosa foi um grande adversário.  Depois da vitória no jogo de ida, o Ceilândia viajou até Formosa sabendo que sofreria. E sofreu.

Sales novamente impede o gol do Formosa. História seria diferente
Sales novamente impede o gol do Formosa. História seria diferente

O Formosa começou melhor que o Ceilândia. O Gato Preto chegou a equilibrar a partida entre o vigésimo e o trigésimo minuto do primeiro tempo. A iniciativa, contudo, sempre foi do adversário. O sistema defensivo do Ceilândia trabalhou bastante.

O Formosa deu muito trabalho ao Ceilândia
O Formosa deu muito trabalho ao Ceilândia

As melhores oportunidades do Formosa ocorreram no primeiro tempo. Na mais importante delas, aos 12 da primeira etapa, Sales defendeu  salvou sobre a linha em duas oportunidades.

Veio o segundo  tempo e esperava-se que o Ceilândia assumisse o controle da posse de bola. Não foi o que aconteceu. O Formosa continuou com a posse de bola. Rondava a área do Ceilândia, mas a defesa do Ceilândia negava-lhe o último passe ou uma oportunidade clara.

Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa
Abdio mostrou muita disposição para lutar contra toda a defesa do Formosa

Em resumo: a despeito da maior posse de bola do Formosa, Christian não era exigido.

O jogo começou a mudar por volta dos 20 do segundo tempo. O Ceilândia chegou a primeira vez despretensiosamente e conseguiu um escanteio. Na segunda vez que chegou, o incansável Abdio chutou fraco para a defesa do goleiro alviverde. Dois minutos depois, Abdio voltou a chutar ao gol adversário, agora com perigo.

Warley fez o gol da vitória: muita comemoração
Warley fez o gol da vitória: muita comemoração

Seis minutos depois, aos 28, o Ceilândia fez 1×0  com Warley, que entrara no segundo tempo. Havia tempo para sofrimento. O Formosa aumentou a pressão, mas foi sempre dominado pelo sistema defensivo do Ceilândia.

Ceilândia vence e está na final do Metropolitano de Juniores 2018
Ceilândia vence e está na final do Metropolitano de Juniores 2018

O Gato Preto era perigoso nos contra-ataques e, nos minutos finais, faltava força ao Formosa. O Ceilândia, ao contrário, poderia ter feito o segundo, mas a bola de Alan explodiu no travessão. No final e apesar do sofrimento, resultado justo.

O Ceilândia espera agora o vencedor de Legião e Real.

Juniores tem crescido de produção nesta reta final: mas nada está garantido

Juniores tem jogo mais importante do ano. Feminino disputa torneio em Goiás

Juniores tem crescido de produção nesta reta final: mas nada está garantido
Juniores tem crescido de produção nesta reta final: mas nada está garantido

Os juniores do Ceilândia voltam a campo neste sábado para enfrentar o Formosa, jogo válido pelas semifinais do Candanguinho 2018. O Gato Preto venceu o jogo de ida por 1 x 0,  mas a forte equipe do Ceilândia terá o  desafio de passar pela equipe goiana que até o momento tem feito uma campanha consistente e, na primeira fase,  fez um campanha melhor que a do CEC.

Defesa do Ceilândia foi muito exigida. Consistência defensiva tem sido a chave até o momento
Time feminino tem torneio no Goiás antes  da fase decisiva do Candangão da categoria.

Na outra semifinal, Legião e Real farão o jogo de volta na quarta, dia 25. Na primeira partida empate sem gols.  Pelo regulamento, Formosa tem vantagem em caso de empate contra o Ceilândia. O mesmo ocorre com o Legião diante do Real.

Time feminino vai disputar competição no Estado de Goiás.

Já a equipe feminina se prepara para a retomada do campeonato feminino. Neste final de semana (21 e 22 de julho) , na cidade de Damolândia, o Gato Preto participará de um torneio patrocinado pelo Aliança Futebol Clube-GO, ao lado do DDA-MG.

Na semana seguinte, o Ceilândia Feminino enfrentará o Santa Maria pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Feminino.  Se vencer, o Ceilândia garante classificação às semifinais da competição.

 

Luan comemora logo aos sete minutos. Gol deu tranquilidade ao Ceilândia

Abdio e Luan marcam e juniores eliminam o Gama

O Ceilândia começou melhor: boa transição defesa para o ataque
O Ceilândia começou melhor: boa transição defesa para o ataque

O Campeonato Candango de Juniores 2018 chegou à sua fase decisiva. Em um campeonato equilibradíssimo, cada vitória deve ser conquistada com muita superação.  Neste domingo, enquanto todos os olhos estavam voltados para a Copa do Mundo,   não foi diferente. Ceilândia e Gama enfrentaram-se em um jogo de vida ou morte para as suas pretensões. Melhor para o Gato Preto, pior para o Gama que está eliminado.

Time do Técnico Léo Roquete está próximo do mata-mata
Time do Técnico Léo Roquete está próximo do mata-mata

O jogo começou a cem por hora.   Imprimindo forte ritmo e, mais que isso, com uma boa passagem do meio de campo para o ataque, o Gato Preto começou melhor. Não demorou muito para que o Ceilândia fizesse 1 x 0. Cobrança de falta de João Brasil pela direita e Luan cabeceou para fazer Ceilândia 1 x 0.

Luan salva sobre a linha do gol: Gama assustou no primeiro tempo
Luan salva sobre a linha do gol: Gama assustou no primeiro tempo

O gol pareceu ter acomodado o Ceilândia. O Gama foi à frente e aos poucos empurrou o Ceilândia para o seu campo de defesa. O Gato Preto perdera a boa transição defesa para o ataque e, ou conduzia a bola excessivamente, ou tentava ligações diretas sem resultado.  O Ceilândia sofreu alguns sustos, mas conteve o impeto do adversário e retomou o controle das ações no último terço do primeiro tempo.

Luan comemora logo aos sete minutos. Gol deu tranquilidade ao Ceilândia
Luan comemora logo aos sete minutos. Gol deu tranquilidade ao Ceilândia

Veio a segunda etapa e o Gama realizou três substituições logo de cara. O Ceilândia manteve a pegada do primeiro tempo, controlou as ações do adversário e o estreante Abdio resolveu o jogo ao fazer 2 x 0.

Defesa trabalhou muito durante o momento de instabilidade alvinegra
Defesa trabalhou muito durante o momento de instabilidade alvinegra

O resultado devolveu a primeira colocação do Grupo C ao Ceilândia. No próximo final de semana o Gato Preto tem outro difícil confronto,  agora contra o Cruzeiro-DF que ontem venceu o Samambaia por 3 x 1, mas daqui para a frente, não há jogo fácil.

Ceilândia também perdeu boas oportunidades: mais eficiente que seu adversário
Ceilândia também perdeu boas oportunidades: mais eficiente que seu adversário

As projeções de momento colocam o Ceilândia na primeira fase do mata-mata contra um time de seu próprio grupo. Então, é melhor estar preparado para jogos difíceis até o final, mas o time mostrou que está encaixando nesta reta decisiva.

 

 

 

JUNIORES – Para ganhar moral! Ceilândia bate líder e embola grupo da morte

Christian levou um susto no começo do jog. Depois, não teve trabalho
Christian levou um susto no começo do jogo. Depois, não teve trabalho

O Ceilândia venceu o Samambaia, então líder do grupo da morte, em partida realizada na manhã deste sábado e recupera, ainda que provisoriamente, a liderança do grupo. O Gato Preto não fez uma partida perfeita, mas jogou o suficiente para conquistar uma importante vitória.

O Ceilândia perdeu boas chances com a bola rolando. Gols tiveram origem em bolas paradas
O Ceilândia perdeu boas chances com a bola rolando. Gols do primeiro tempo tiveram origem em bolas paradas

O Ceilândia começou melhor e logo  nos primeiros minutos perdeu grande oportunidade de abrir o marcador. O Samambaia respondeu na mesma medida e, aos 8, poderia ter saído na frente.

O Ceilândia teve muita dificuldade para superar o Samambaia
O Ceilândia teve muita dificuldade para superar o Samambaia

Aos poucos, contudo, o Ceilândia foi assumindo o controle do jogo, mas era um time de pouca inspiração. Abusava dos lançamentos diretos do campo de defesa. O Samambaia também passou a usar dessa estratégia.

Aos poucos o Ceilândia assumiu o controle do jogo

O jogo se arrastava de intermediária a intermediária até que aos 30 o árbitro Emanoel Ramos viu mão do zagueiro do Samambaia e marcou o pênalti. Lucas Portela bateu bem e fez 1 x 0. Não demorou e, novamente em jogada de bola parada, João Brasil cobrou falta que desviou na zaga e foi morrer no fundo da meta: Ceilândia 2 x 0.

Lucas comemora o primeiro gol do Ceilândia

Veio o segundo tempo e o Samambaia voltou melhor. O Ceilândia via o adversário chegar mais e mais perto de sua área. Apesar da iniciativa do Samambaia, a defesa do Ceilândia, que dera alguns sustos em sua torcida no primeiro tempo, controlou as ações do adversário e o goleiro Christian pouco trabalhou.

Na cobrança de falta de João Brasil a bola passou por todos até morrer no fundo da rede
Na cobrança de falta de João Brasil a bola passou por todos até morrer no fundo da rede

Para sacramentar a recuperação alvinegra, Warley fez o terceiro aos 37 do segundo tempo. Importante vitória do Ceilândia que ganha moral para a sequência da competição.  O Gato Preto é forte, já demonstrou isto. Agora precisa transformar essa fortaleza em vitórias.

Ceilândia controlou o Samambaia e dorme na liderança

Nos outros resultados conhecidos do dia: Capital 1 x 2 Cruzeiro, Formosa 2×1 Brasília, Ceilandense 1 x 4 Legião  e Sobradinho 0x1 Luziânia.

Juniores DF-2018

PosClubeJVEDGPGCSPts
154011221012
2531161510
3531164210
45302710-39
5510458-33

Ceilândia foi um time excessivamente pilhado contra o Real

JUNIORES PERDEM EM CASA

Ceilândia foi um time excessivamente pilhado contra o Real
Ceilândia foi um time excessivamente pilhado contra o Real. Foto: Rodrigo Bolzan

Decepção: a palavra soa sorte aos ouvidos, mas não existe outra expressão para explicar a derrota dos juniores diante do Real neste domingo. Esperava-se mais do time alvinegro.

A impressão foi a de que o time de juniores deixou-se contaminar pelos eventos de 2017 e entrou em campo excessivamente pilhado. Foi um jogo nervoso dentro e fora de campo. Nessas circunstâncias, melhor para o Real.

O Ceilândia esteve melhor na maior parte do tempo. Tinha a iniciativa das ações, mas era um time sem tranquilidade para transformar esse domínio em vantagem no marcador. O Real, contudo, aproveitou-se uma das poucas oportunidades que teve e abriu o placar logo no início do segundo tempo com Felipe.

Na base da força e da vontade, o Ceilândia foi à frente, mas não conseguiu empatar. Perdeu seguidas oportunidades de fazê-lo.  O time também teve dificuldades para converter a maior posse de bola em gols contra o Capital. Hora de colocar os pés no chão.

Os juniores do Ceilândia tem tres jogos para sacramentar a classificação, mas o cobertor encurtou bastante. No próximo final de semana, enfrenta o líder Samambaia. Se vencer, respira… caso contrário, começa a fazer contas.

Juniores 2018 - Grupo B

PosClubeJVEDGPGCSPts
1540181712
2532072511
352126607
4521278-17
55203911-26
65005413-90

Para a classificação completa, clique aqui

Ceilândia mostrou evolução, mas precisa de uma ou outra peça

Meninas mostram evolução, mas agora precisam vencer o Gama

Ceilândia mostrou evolução, mas precisa de uma ou outra peça
Ceilândia mostrou evolução, mas precisa de uma ou outra peça

Sem futebol profissional pela primeira vez no ano, o Ceilândia se movimentou nas categorias de juniores, futebol feminino e futebol de 7.

Ceilândia teve serenidade para enfrentar a forte marcação do Cresspom
Ceilândia teve serenidade para enfrentar a forte marcação do Cresspom

No domingo, pela manhã, as meninas do Ceilândia mostraram que estão no bom caminho. Enfrentando o forte Cresspom, o time feminino do Ceilândia fez um jogo parelho, mas ainda assim acabou derrotado. O mais importante é que o time mostrou evolução para o pouco tempo de trabalho. Ainda precisa de uma ou outra peça, mas o Ceilândia, na maior parte do tempo, fez um jogo parelho.

Ceilândia agora enfrenta o Gama com obrigação de vencer
Ceilândia agora enfrenta o Gama com obrigação de vencer

As meninas do Ceilãndia saíram na frente com Lauana após bela jogada de Gabi, aos 25 do primeiro tempo. Aos 40, o Cresspom empatou com Vil.

No segundo tempo, o Cresspom voltou melhor, chegou a desperdiçar um penalti, mas teve enormes dificuldades para superar o forte sistema defensivo do Ceilândia. O time aurinegro, contudo, fez o gol da vitória aos 37 do segundo tempo com Pit.

CLASSIFICAÇÃO FEMININO

Campeonato Candango Feminino 2018

PosClubeJVEDGPGCSPts
186202842420
285212071317
362048716
461051120-93
500000000

A defesa do Ceilândia prevaleceu sobre o valente Capital

Juniores: Vitória importante e no último minuto

O Capital deu algum problema ao Ceilândia que prevaleceu por sua regularidade
O Capital deu algum problema ao Ceilândia que prevaleceu por sua regularidade

O time de juniores do Ceilândia estreou com vitória no Metropolitano 2018. Jogando na tarde desta quarta-feira no Centro de Treinamento do Gama, o Ceilândia estreou na competição e sofreu para vencer o Capital.

A defesa do Ceilândia prevaleceu sobre o valente Capital
A defesa do Ceilândia prevaleceu sobre o valente Capital

Foi um jogo complicado. O Ceilândia foi melhor na maior parte do tempo, mas precisou de toda a paciência do mundo para derrotar o seu adversário. O primeiro tempo foi quase que integralmente do alvinegro. Apesar da maior posse de bola, o Ceilândia foi incapaz de traduzir em gols a sua superioridade.

Ceilândia sofreu com transição defesa-ataque
Ceilândia sofreu com transição defesa-ataque

O Capital voltou melhor no segundo tempo e equilibrou a partida. O Ceilândia controlou as ações de seu adversário mas precisou de 15 minutos para retomar as rédeas da partida. O Capital em nenhum momento pareceu um adversário batido, mesmo quando o Ceilândia recuperou o comando da partida.

O Ceilândia conseguia chegar à área do Capital, mas o gol demorou
O Ceilândia conseguia chegar à área do Capital, mas o gol demorou

O Ceilândia, apesar de melhor, não criou apenas uma situação clara de gol no segundo tempo. A partida encaminhava-se para o empate sem gols quando, enfim, o Gato Preto teve a oportunidade de pegar a defesa do Capital desarrumada. Eram 47 do segundo tempo e uma situação de tudo ou um empate. Warley não desperdiçou e fez Ceilândia 1 x 0.

Warley fez o gol do Ceilândia no último minuto. Vitória importante
Warley fez o gol do Ceilândia no último minuto. Vitória importante

Não havia tempo para mais nada. No próximo sábado, 15h30, no Abadião, o Gato Preto enfrenta o Real. Jogo difícil, mas isso é chover no molhado: afinal  o Ceilândia está no grupo da morte e daí apenas os  dois garantem a classificação para as quartas-de-final.

Juniores: Ceilândia reencontra Real na estreia

Ceilândia comemorou a classificação em 2017… traído pelos bastidores

Os Juniores do Ceilândia retornaram da Holanda onde disputou, sem muito sucesso, o Karel Stegeman.  Uma oportunidade rica para todos os atletas. A Comissão Técnica não contou com todo o seu elenco principal na competição. Para a estreia no Candanguinho 2018, a expectativa é de que o técnico Léo Roquete, que não viajou para a Holanda, conte com o seu time principal, embora desgastado em face da quantidade de jogos em poucos dias e da longa viagem.

No ano passado, o Ceilândia foi o grande prejudicado com a grande confusão gerada a partir das constantes mudanças de regulamento e acabou excluído da final e da disputa da Taça São Paulo. Agora, os times voltam a se encontrar no Abadião, às 15h30, deste sábado.

Os jogadores ficaram hospedados com suas famílias na Holanda: hartelijk bedankt!

Lição para toda a vida: Hartelijk bedankt, Ruurlo!

Ceilândia na chegada em Amsterdan.
Juniores do Ceilândia na chegada em Amsterdam.

Os juniores do Ceilândia terminaram a participação no Karel Stegeman, em Ruurlo, Holanda, na última colocação.  Os meninos precisam tirar lições dessa experiência única e voltar ainda mais fortes.

Ceilândia recebe as boas vindas da população de Ruurlo
Ceilândia recebe as boas vindas da população de Ruurlo

Poucos jovens em suas idades no Brasil têm a oportunidade de, em uma única viagem, interagirem com tantas culturas. Os meninos até que começaram bem. Na primeira partida enfrentaram o Slovan Bratislava da Eslováquia.  O jogo foi decidido em único lance em favor dos eslovacos.

Ceilândia entra em campo para estreia diante do Slovan Bratslava: 0 x 1 - imagem: @wesleykokfotografie
Ceilândia entra em campo para estreia diante do Slovan Bratslava: 0 x 1 – imagem: @wesleykokfotografie

Não havia muito tempo para descansar. Uma hora depois o Ceilândia voltava a campo para enfrentar o FC Twente da Holanda. Um empate sem gols deixava os alvinegros com alguma esperança de classificação.

Ceilândia estreou contra o Slovan Bratslava da Eslovaquia.
Ceilândia estreou contra o Slovan Bratslava da Eslovaquia.

Os juniores do Ceilândia entraram pressionados no segundo dia da competição. Isso não fez bem para os meninos. Primeiro enfrentaram o Sparta Roterdam, da Holanda, e depois o NK Lokomotiva, da Croácia. Jogos disputados e derrotas por 2 x 1. O pior estava por vir. O último jogo do dia contra o futuro campeão, o Kalmar FF da Suecia. Inexplicáveis 6 x 0.

Por fim, o Ceilândia ainda voltaria a campo para enfrentar o time da casa, o Ruurlo. Empate sem gols e derrota nos penaltis por 4 x 3.

Contra o NK Lokomotiva, da Croácia, jogo decidido no detalhe
Contra o NK Lokomotiva, da Croácia, jogo decidido no detalhe

 

Nessa etapa da vida não importam resultados. Importa aprender lições. Os meninos tiveram oportunidade única. O CeilandiaEC agradece a simpatia dos organizadores e, principalmente, da população da cidade de Ruurlo-NL aqui materializada na pessoa de August Von Vulpen e sua família. Sentiremos saudades desse contato e de ver o quanto vestiram, literalmente, a camisa do Ceilândia.

Os jogadores ficaram hospedados com suas famílias na Holanda: hartelijk bedankt!
Os jogadores ficaram hospedados com suas famílias na Holanda: hartelijk bedankt!

A exceção da imagem creditada e da última imagem, cedida por August Von Fulpen, que recebeu dois dos atletas do Ceilândia em sua casa e foi um fiel torcedor do ceilândia nesses dias, as demais  imagens aqui reproduzidas são da organização do Karel Stegeman Toernooi