Categoria: Juniores

Juniores

Ceilândia bate Gama e é Campeão Candango Sub20 em 2022.

O Ceilãndia é Campeão Candango sub20 de 2022.

Para chegar ao título, o Ceilândia teve que vencer um valoroso Gama.

Não foi fácil, mas no geral o Ceilãndia foi melhor que seu adversário.

O Gama passou por situações bem difíceis ao longo da competição.

Foi um adversário valoroso e que valorizou a conquista alvinegra.

O Ceilândia, apesar de melhor, teve que contar com a maestria de Lilla Saavedra.

O melhor jogador do campeonato, encontrou o momento certo para vencer o goleiro adversário.

O Gama até teve bons momentos no jogo, mas sempre dependeu do fortuito. No mais, a defesa alvinegra sempre portou-se bem e impediu que o adversário ganhasse confiança.

Quando mais precisou, Léo Roquete fez as mexidas certas e reequilibrou o time.

Foi uma campanha perfeita. O Gato Preto terminou invicto.

Para muitos dos atletas foi um momento inesquecível. Agora, uns param por aqui, outros seguem adiante.

Para os que param por aqui, nosso grande obrigado. O mundo do futebol não é necessariamente justo. Esperamos que o futebol os tenha ensinado a serem cidadãos melhores.

Aos que seguem, desejamos sorte.

A todos, até o mais simples auxiliar, o coração alvinegro agradece: muito obrigado pela felicidade.

É uma felicidade momentânea, mas ninguém pode toma-las de vocês, nem de nós humildes torcedores.

Sub20, Semifinais: Gato Preto vence Planaltina

No primeiro jogo da semifinal do Candango Sub20 de 2022, o Ceilândia foi a Formosa e venceu o Planaltina por 1 x 0.

Foi um jogo complicado e também não foi a melhor atuação alvinegra. Embora tenha tido a maior parte da iniciativa no primeiro tempo, o Ceilândia teve enorme dificuldade para ameaçar a meta adversária.

O jogo era essencialmente de intermediária a intermediária, embora o Gato Preto aparentemente fosse melhor em campo.

Com a falta do último passe, restou ao Ceilândia ameaçar o adversário em bolas paradas.

O panorama do jogo mudou no segundo tempo.

Depois de tanto insistir, o Ceilândia abriu o marcador aos 10 da segunda etapa com Renan Caetano.

A temperatura do jogo subiu. Se no primeiro tempo não houve amarelos, na segunda etapa foram 7.

5 dos cartões amarelos foram datos a partir dos 43 do segundo tempo. 

O final foi dramático, talvez porque o Ceilândia tenha perdido um pouco da sua consistência de jogo. 

A verdade é que o  Gato Preto sofreu mais que deveria.  

Ainda há o jogo de volta. O Ceilândia tem melhor time, mas viu que decisão foi feita para ser vencida. 

Na outra semifinal, Gama e Taguatinga empataram em 1 x 1 e voltam a se enfrentar no fim de semana.

Sub20: Ceilândia vence e está na semifinal do Candango22

O Ceilândia sempre teve a iniciativa do jogo, mas o Gremio Valparaíso foi um adversário de respeito: lutou sempre por cada centímetro do campo, por cada jogada e dificultou ao máximo a vida do alvinegro.

O jogo começou com o Ceilândia tomando a iniciativa. O Valparaíso tinha um propósito muito claro: defender-se e jogar por uma bola.

O Gato Preto foi sempre melhor, mas não criou situações claras de gol. Criou situações em que poderia ter aberto o marcador, mas sempre parou no goleiro adversário.

Aos 38 do primeiro tempo, no contra-ataque, o Grêmio Valparaíso abriu o marcador com Davi.  

Alguns jogadores do  Ceilândia claramente acusaram o golpe. O Valparaíso não teve tempo de explorar: aos 41, Gabriel Neri empatou o jogo.

Agora foi a vez do Valparaíso acusar o golpe. O Ceilândia teve ao menos duas oportunidades de virar o marcador, mas não aproveitou.

Veio o segundo tempo e o  padrão do jogo continuava o mesmo. O Valparaíso em rara escapada teve a chance de voltar à frente do marcador, mas Gabriel Blesson impediu.

O Ceilândia manteve o controle do jogo até a parada técnica, mas sem criar situação clara de gol.

Depois da parada técnica, o Ceilândia parecia interessado em segurar o resultado e deixou de jogar. O Valparaíso aproveitou da situação e começou a se sentir confortável.

Léo Roque agiu e mandou Pablo e Guilherme Gomes nos lugares dos incansáveis Eryck e Charles. O Ceilândia voltou a mandar no jogo.

Faltando 5 minutos, o Valaparaíso enfim saiu para o jogo, mas foi o Ceilândia quem teve chances claras de fazer 2 x 1. 

De tanto insistir, o Ceilândia conseguiu a virada aos 46. Lila Saavedra fez um belo gol olímpico: Ceilândia 2 x 1.

Não dava tempo para mais nada. O Ceilândia está na semifinal do Candango Sub20 de 2022. O adversário será o Planaltina.

Sub20: Jogo atípico, Gato Preto fica no zero contra Gremio Valparaíso

 

O Ceilândia foi a Luziânia no último domingo enfrentar o Gremio Valparaíso, pelo jogo de ida das quartas-de-final do Sub20 2022.

Ceilândia perdeu muitos gols

O Gato Preto sofreu mais que deveria e pagou o preço das oportunidades desperdiçadas no primeiro tempo.

No segundo tempo, o Ceilândia perdeu Izarron logo aos 2 minutos e com isso jogou 49 minutos com um homem a menos (6 de acréscimo).

O resultado mostrou que nenhum time teve vida fácil até agora. Em 3 jogos apenas um gol foi marcado. Hoje, o Taguatinga 2015, que foi inocentado no caso envolvendo o atleta Douglas Matheus, enfrenta o Legião (venceu por 1 x 0)

Abaixo, os resultados das Quartas-de-Final;

Sub 20 - 2022 - Quartas-de-Final - Jogos de Ida

(Quartas-de-Final - Ida)
0 - 0
Juniores
2022

Luziânia x Gama

(Quartas-de-Final - Ida)
0 - 0
Juniores
2022

Valparaiso x Ceilândia

(Quartas-de-Final - Ida)
0 - 1
Juniores
2022

Real FC x Planaltina

(Quartas-de-Final - Ida)
0 - 1
Juniores
2022

Legião FC x Taguatinga

Sub20: Ceilândia goleia Sobradinho e garante primeiro lugar

Classificação Grupo A

PosClubeJVEDGPGCSPts
187102121922
286111641219
385031651115
483232214811

O Ceilândia goleou o Sobradinho por 5 x 0 na manhã deste sábado. Com esse resultado o Gato Preto garantiu a primeira colocação do  Grupo A do Sub20 2022.

Ceilândia

# Jogador Posição Gols Assist CA CV
1Davi Reis-0000
2Renan Caetano 13-0000
3Guilherme Krinski-0000
4Pedro Henrique Carvalho-0000
5Gabriel Neri 19-0000
6João Lucas-0000
7Erick Gabriel 16-0000
8Gabriel Dourado 15-0000
9Charles Rosendo 17-2 (31', 33')000
10Saavedra-1 (15')000
11Thiago Carvalho-2 (18', 21')000
13Arthur Ferreira 2-0000
15Celso Alves 8-0000
16Mateus Teles 7-0000
17Gustavo Gabriel 9-0000
19Rubens Costa 5-0000
 Total 5000

Auxiliar Técnico: Leo Roquete

Sobradinho

Posição Gols Assist CA CV
 0000

O placar foi todo construído no primeiro tempo: Lilla Saavedra abriu o marcador aos 15. Thiago Carvalho fez 2 gols nos próximos 6 minutos. Depois foi a vez de Charles dar números finais ao jogo aos 31 e 33.

Thiago e Charles em jogo anterior: fizem 4 dos 5 gols de hoje.

Agora o Ceilândia aguarda a definição da 4a vaga do grupo B para saber quem enfrentará nas quartas-de-final.

Mudança de última hora do horário do jogo nos impediu de acompanhar.

 

Sub20: Ceilândia e Bolamense empatam

Thiago fez o gol do Ceilândia

O Sub20 do Ceilândia conheceu uma nova realidade no Candango Sub20 2022. Sobrou muita reclamação para as instalações, para o tamanho do campo e para a segurança do local. 

No geral o Ceilândia foi melhor contra um adversário valente.

Jogando diante de muita pressão fora de campo, o Ceilândia empatou com o Bolamense em 1 x 1. O resultado mantém o Ceilândia na liderança do Grupo A.

Bolamense forte na defesa

O Gato Preto saiu atrás no marcador, mas teve força para buscar o empate com Thiago Carvalho.

No geral o Ceilândia esteve melhor, mas o Bolamense com seu jogo físico, por vezes até demais, opôs muita dificuldade.

Jogo muito disputado.

Veio o segundo tempo e o panorama não mudou. O Ceilândia era o time com mais iniciativa, mas o Bolamense se defendeu como podia e apostava nas bolas longas.

Defesas levaram vantagem sobre os ataques

No final, o resultado do primeiro tempo se manteve. Agora, o Ceilândia enfrenta o Sobradinho antes das quartas de final. Neste momento, o Ceilândia enfrentaria o Luziânia.

Sub20: Dose semanal de alegria

Legião opôs muita dificuldades ao Ceilândia

A vida do torcedor alvinegro anda difícil na Série D do Campeonato Brasileiro. 

As poucas alegrias vem do time sub20. Jogando na tarde deste sábado no Regional, o Gato Preto venceu o Legião, um dos fortes candidatos ao título, por 3 x 1.

Defesa do Ceilândia teve trabalho

O resultado deixa o Ceilândia com 100% de aproveitamento da competição, cabeça a cabeça com o líder do outro grupo, o Planaltina.

Não foi um jogo fácil. No primeiro tempo, apesar do domínio das ações, o jogo terminou empatado em 1 x 1. Rubens abriu o marcador para o Ceilândia aos 42, mas Michael Nery empatou aos 45. 

Thiago passou em branco, mas foi importante coletivamente

Veio o segundo tempo e o Legião voltou melhor. Não demorou e o Ceilândia tomou a iniciativa do jogo. Aos 26 Eryck, após bela jogada coletiva, Eryck fez Ceilândia 2 x 1.

A chuva fraca que caía veio a tempo de ver o terceiro do Ceilândia. Aos 31, Gustavo Lopes teve que insistir muito até selar o resultado da partida.

Rubens faz Ceilândia 1 x 0

Na próxima rodada o Ceilândia enfrenta o imprevisível Bolamense.

Sub 20 - Grupo A

PosClubeJVEDGPGCSPts
187102121922
286111641219
385031651115
483232214811
58251108211

 

Para servir de inspiração: Sub20 com 2 a menos, vence Brasilia

Defesa trabalhou bastante

A semana parece que começou bem para os lados da Cidade do Gato. Bom sinal.

Jogo muito disputado e emoção até o fim

Uma notícia boa é sempre bem-vinda, ainda mais quando se consegue uma vitória com 2 jogadores a menos.

Foi o que aconteceu na manhã desta segunda-feira.

Ceilândia sofreu, mas controlou o adversário

Ceilândia e Brasilia se enfrentaram no Regional. O adversário precisava da vitória a qualquer custo para manter as chances de classificação.

O Ceilândia precisava da vitória para sacramentar a classificação.

Jogo teve jeito de decisão.

O Gato Preto começou avassalador e Thiago Carvalho, logo no primeiro minuto, abriu o marcador: Ceilândia 1 x 0.

Não demorou para o Brasília equilibrar as ações. Foi um jogo disputado e nervoso desde o início.

Após as expulsões, Ceilândia pouco atacou

No geral o jogo foi equilibrado, mas o Ceilândia sempre chegou com mais qualidade.

A partida ficou especialmente nervosa no segundo tempo. O Ceilândia começou melhor novamente, mas o Brasilia rapidamente equilibrou as ações.

Concentrado, Ceilândia cometeu poucos erros na defesa

Aos 15, Lilla Saavedra foi expulso. A expulsão em si mesmo foi infantil. Lilla realmente sofrera falta logo no início do lance. Gabriel Neri em seguida também reclamou de falta, mas nesse caso realmente não houve.

O fato é que Lila abusou da reclamação. Se tinha razão pelo início da jogada, a perdeu com o abuso.  2 minutos depois  e Lyncom também foi expulso.

Apesar da pressao do Brasilia, Marcelo Costa não foi muito exigido

Com 2 a menos, restou ao Ceilândia se defender como podia nos 28 minutos restantes.

Por sorte do Ceilândia o Brasilia tem enorme dificuldade no último passe. Nervoso, o time rubro tentou e tentou e tentou, mas sem levar perigo concreto ao gol defendido por Marcelo.

Thiago comemora com Rubens e Lilla: vitória importante

No final, uma vitória heróica do time alvinegro.

Que essa vitória seja um alento para a semana decisiva que começa!

 

Sub20: Ceilândia goleia Unaí e mantém a liderança

Ceilândia segue firme na liderança

O Ceilândia goleou o Unaí neste domingo e manteve a liderança do Grupo da Morte do Candangão de Juniores 2022.

Defesa manteve-se firme contra o Unaí

O Gato Preto construiu toda a goleada no primeiro tempo. Claro, o Ceilândia tem méritos, mas obviamente que a fragilidade do adversário também contribuiu para o resultado.

Ceilândia goleou, mas perdeu boas chances no segundo tempo

O primeiro gol surgiu logo aos 2 minutos com Thiago. O mesmo Thiago ampliou aos 9: Ceilândia 2 x 0.

Gato Preto terá sequencia dificil pela frente

O Ceilândia manteve o ritmo e ampliou com Charles, aos 15, Rubinho aos 32 e com Guilherme ou João Lucas (a súmula não foi publicada) aos 40.

Charles deixou o dele

O Ceilândia perdeu a impetuosidade no segundo tempo, quando o jogo foi mais equilibrado, ainda com as melhores chances sendo alvinegras.

Ceilandia enfrenta agora o Brasilia

Agora o Ceilândia terá uma sequência de jogos complicados. Primeiro o Brasilia, depois seus mais diretos concorrentes: Legião e Bolamense.

Sub-20: Um Ceilândia consistente vence Real: 1×0

Ceilândia venceu o Real por 1 x 0.

Numa partida eletrizante, o Ceilãndia venceu o Real nesta manhã por 1 x 0 e está na liderança do Grupo da Morte do Candango Sub20 de 2022.

Jogo foi disputado em altíssima intensidade

Antes de qualquer coisa é importante deixar claro: o Real tem um projeto mais maduro e obviamente era favorito, como é,  ao título da categoria. O Ceilândia ainda tem muito que evoluir, mas mostrou que é um time a ser respeitado.

Erick poderia ter feito o primeiro gol, mas não foi feliz.

Se o Real tem um projeto mais maduro, o Ceilãndia retomou um projeto vitorioso e que tem em Gleyton Ariani e Léo Roquete as peças mais importantes. No caso do Ceilândia é apenas uma questão de tempo porque a Comissão Técnica sabe o que faz.

Thiago estava impedido neste lance. Ceilândia melhor

Obviamente se esperava que o Real tomasse a iniciativa do jogo, mas para a surpresa de todos isso não ocorreu. Quem tomou a iniciativa foi o Ceilândia.

Intensidade do Ceilândia no primeiro tempo surpreendeu a todos

Assim, nos primeiros 38 minutos de jogo, o Ceilândia teve a iniciativa do jogo e criou diversas situações de gol. Parou na trave, nas mãos do goleiro Matheus Fú, ou na intevenção salvadora da defesa.

Ceilandia solido na defesa no segundo tempo

Do ponto de vista do torcedor havia uma preocupação. Não se pode perder gols contra um adversário da categoria do Real. O medo do castigo se tornava ainda maior porque o Real não oferecia perigo.

Real usou muito a bola aérea, mas Blesson não foi exigido.

O panorama do jogo mudou a partir dos 38 minutos. Pela primeira vez no jogo o Real se sentiu confortável. A bola deixou de passar pelo meio e a  transição defesa-ataque do Ceilândia já não funcionava.

Meio cansou, mas voltou a funcionar com as substituições

O Real foi melhor até o final da primeira etapa, mas Gabriel Blesson não foi chamado a intervir em nenhum lance importante.

Defesa esteve bem pelo alto

Veio o segundo tempo e o panorama do jogo continuou como no final do primeiro tempo. O Real tinha a iniciativa, mas não criava situações claras de gol. O Ceilãndia se defendia como podia, cedeu uma infinidade de escanteios e mal passava do meio de campo.  Apesar disso, Gabriel Blesson não era exigido.

Renan foi muito exigido ofensiva e defensivamente

Parecia que o gol do Real poderia surgir a qualquer momento, mas foi o Ceilândia quem saiu na frente. No primeiro ataque coordenado na segunda etapa, a bola sobrou dentro da área para Thiago Carvalho fazer Ceilândia 1 x 0 Real. Eram 18 minutos do 2o tempo.

No ataque, poucas oportunidades no segundo tempo

O Real sentiu o gol. Léo Roquete fez necessárias mudanças. As entradas de Guilherme e João Vitor deram novo gás ao meio de campo. Erick já havia saído para a entrada de Ithalo. Com as mudanças, o Ceilãndia melhorou.

Ceilândia folga na proxima rodada

O Real perdeu a sua melhor chance logo em seguida ao gol do Ceilândia, mas o atacante perdeu o gol feito. Depois disso, o jogo ficou sendo disputado de intermediária a intermediária.  O Real era valente, mas já não conseguia chegar ao último quarto de campo. O Ceilândia não tinha a mesma intensidade do início do jogo, mas melhorou bastante e manteve o jogo equilibrado até os 42, quando Gabriel Neri foi expulso.

Thiago Carvalho fez o gol da vitoria.

Com um a menos, o Ceilândia se preocupou apenas em defender. O Real correra muito, mas não conseguiu transformar a superioridade em número de jogadores em jogadas de ataque. Na raça, o Ceilândia segurou o resultado.

Ceilândia agora é líder do Grupo da Morte

Com a vitória, o Ceilândia permanece na liderança do Grupo da Morte.

Juniores: Ceilândia goleia Brazlândia. Vitória importante no Grupo da Morte.

Thiaguinho fez o primeiro gol da goleada de hoje

Jogando nesta tarde no Regional, O Ceilândia goleou o Brazlândia por 4 x 0 e se qualifica como forte candidato a uma das vagas na segunda fase do Candango Sub20 2022.

Parecia ser um jogo complicado. O Brazlândia vinha de um bom empate contra o Brasília. O Ceilãndia vinha de vitória sobre o Gama.

No geral o Ceilândia correu pouco riscos.

O Gato Preto tomou a iniciativa do jogo. Não demorou e logo aos 10 Thiaguinho aproveitou o bate e rebate dentro da área e fez Ceilândia 1 x 0 Brazlândia.

Com a vantagem, o Ceilãndia continuou melhor. Aos 24, após cobrança de falta e aproveitando um rebote fora da área, Erick  fez um belo gol, de sem-pulo, Ceilândia 2 x 0.

Ceilândia pareceu bem equilibrado

Depois do gol o Ceilândia cedeu campo para o Brazlândia. O adversário fez 3 substituições ainda com 30 minutos de jogo.

Apesar do Brazlândia ter mais a bola, a defesa do Ceilãndia controlou as açõe so adversário.

Erick bate de sem-pulo, de fora da área: um golaço

O segundo tempo foi essencialmente do Ceilândia. Logo no início, aos 2, Charles foi até a linha de fundo e serviu Erick para fazer 3 x 0.

O jogo continuou com o mesmo ritmo. O Ceilândia administrando o placar e esperando a oportunidade de ampliar.

Charles não fez gol, mas deu uma assistência

Aos 24 uma jogada igual à do terceiro gol. Linha de fundo e cruzamento sob medida para Guilherme fazer Ceilãndia 4 x 0.

Com o resultado o Ceilândia se credencia a uma das 4 vagas do grupo da morte. No próximo final de semana, o Ceilândia enfrenta o Real,  que conta com a melhor estrutura da categoria .

Na próxima semana, Ceilândia enfrenta o Real

O Ceilândia tem um elenco qualificado e sabe que estrutura pesa, mas não entra em campo.

Juniores: Gato Preto vence o Gama na estréia do Candango 2022 Sub20

Os juniores do Ceilândia iniciaram neste domingo, no CT do Gama, a sua corrida em busca à classificação à segunda fase do Candango 2022 Sub20 com importante vitória sobre o Gama.


Foi um jogo muito disputado. Os dois times tiveram pouco tempo de preparação mas ofertaram um espetáculo de primeira qualidade.

As primeiras ações ficaram a cargo do Ceilândia. O Gato Preto tomou a iniciativa na maior parte do primeiro tempo, mas não criou situações claras de gol

Isso não significa que o Gama foi um espectador. Na verdade o primeiro tempo ficou caracterizado pela vigor com o qual os times jogaram o primeiro tempo.

Os primeiros 15 minutos foram de dominio do Ceilândia. O Gama até equilibrou as ações nos 15 minutos seguintes, mas nos 15 minutos finais do primeiro tempo o Ceilãndia continou melhor.

É verdade que o Ceilândia não criou muitas situações claras  de gol, mas rondou bastante a meta adversária.

A melhor oportunidade no primeiro tempo esteve com Thiago Carvalho, que tirou o goleiro, mas perdeu o ângulo e finalizou para fora.

Veio o segundo tempo e o panorama do jogo permaneceu o mesmo: uma partida disputada com muito vigor, mas com o Ceilãndia levemente superior.

A superioridade do Ceilândia ficou evidente quando enfim venceu a meta alviverde.

Charles fez Ceilãndia 1 x 0 e  o jogo  ficou mais aberto. Apesar do esforço alviverde, o Ceilândia controlou as ações do adversário e garantiu uma vitória importante.


O próximo adversário do Ceilãndia será o Brazlândia que hoje enfrenta o Brasília.


Os quatro primeiros de cada grupo avançam para a segunda fase. Você pode ver a classificação em https://www.ceilandiaec.com.br/juniores-2022/classificacao/

Juniores: Ceilândia retoma parceria vitoriosa com BNT.

Juniores correm contra o tempo: estreia domingo

O Ceilândia retomou a parceria vitoriosa com a BNT (Brasília Novos Talentos), com a qual se sagrou campeão Candango de Juniores de 2018 e também da categoria sub17.

Leonardo Roquete e Gleyton Ariani comandam o projeto

Com a parceria, o Ceilândia volta a disputar o Campeonato Candango de Juniores, algo que não fazia desde o rompimento da parceria em 2019.

Jogadores se preparam para a estreia

Os juniores serão  dirigidos por Leonardo Roquete, multicampeão da modalidade e que ano passado foi auxiliar de Adelson de Almeida no time principal do Ceilândia.

Ceilândia estreia no domingo, contra o Gama

O time tem treinado intensivamente. Busca em curto período de tempo estar pronto para a estreia, no domingo, 15h00, contra o Gama (no CT do adversário).

Juniores treinou forte para a estreia

O técnico Leonardo Roquete mantém os pés no chão.  Diz que sabe da qualidade da equipe e espera que alcance padrão de jogo com dois ou três jogos.

Juan fez o primeiro gol do Ceilândia cobrando pênalti.
Juan fez o primeiro gol do Ceilândia na final dos juniores de 2018.

O treinador enfatizou que não há tempo a perder porque o  Ceilândia está no Grupo da morte do Candangão 2022 (ao lado do Brasília, Gama, Brazlandia, Legiao, Real, Sobradinho, Bolamense e Unaí).

Com a parceria da BTN, Ceilândia disputou a Copa São Paulo 2019

No total 18 times disputam a competição, nove em cada grupo. Os 4 primeiros avançam para a segunda fase.

 

Ceilândia derrotado pelo Flamengo-RJ pela Copa do Brasil Sub20

Impossível encontrar fotografias do jogo. Esta aqui aparentemente é de Cahe Motta do GloboEsporte

Os meninos do Ceilândia foram derrotados pelo Flamengo nesta quinta-feira e estão fora da Copa do Brasil Sub20. 

O time do técnico Léo Roquete fez o possível, mas no final a diferença na preparação cobrou seu preço. O Ceilândia tomou três gols nos minutos finais da partida e foi derrotado por 4 x 0.

Delegação do Ceilândia na Copa do Brasil 2019 Sub 20

As redes sociais são ambientes tóxicos. A discussão é rasa e não é possível, mesmo aqui, em 450 palavras, ser muito profundo. O fato é que o Ceilândia fez uma partida dentro de suas possibilidades. Simples assim. 

Há uma diferença enorme na preparação das equipes. O Ceilândia teve 2 semanas, o Flamengo teve 3.  A diferença é que enquanto o Ceilândia se dividia com as tarefas do dia-a-dia, o Flamengo fazia uma “intensa preparação física, tática, técnica e mental, período que incluiu uma mini pré-temporada no CT do Hotel Fazenda China Park, em São Domingos, no Espírito Santo, além de treinamentos no Rio de Janeiro”.

O jogo foi jogo de um time só. O Ceilândia se defendia, o Flamengo atacava. Matheus foi um grande nome do jogo, mas o Ceilândia poderia ter saído na frente logo aos 4 com Vitor Mariano.  Depois disso, só deu Flamengo até que aos 19, Bill fez o primeiro gol do jogo.

O primeiro tempo terminou com esse gol. Veio o segundo tempo e o jogo ficou mais amarrado. Ainda assim o Flamengo chegava com mais perigo, mas sem obrigar Thiago a  trabalhar. Aos 23, penalti para o Flamengo. Yuri cobrou e fez 2 x 0.

O Ceilândia que vivia seu melhor momento no jogo se desequilibrou. Aos 28  , Rodrigo Muniz fez 3×0. Aos 36, Rodrigo Muniz fez 4 x 0. 

O resultado reflete muitas coisas: a melhor preparação, a melhor estrutura e até mesmo eventual melhor jogo do Flamengo. O resultado não reflete uma coisa: o quão valorosos são todos os meninos do Ceilândia e sua comissão técnica.

O Ceilândia ainda disputará a Copa do Brasil Sub 17.

O Ceilândia jogou com Matheus, Daniel Patrick, Bolt (Sales),  Artur (Igor), Davi,  Rodrigo,  Luan, Klyverson (Junior), Abídio (Gabriel), Vitor Mariano e  Lucas Tavares (Lorran). 

Matheus, Luan, Klyverson, Vitor Mariano receberam amarelo.

 

Copa São Paulo – Triste despedida: Ponte Preta 5×1

Matheus fez grandes defesas e foi um dos destaques positivos do Ceilândia na Copa São Paulo
Matheus fez grandes defesas e foi um dos destaques positivos do Ceilândia na Copa São Paulo

O Ceilândia se despediu da Copa São Paulo 2019 com três derrotas. Pior: nesta quarta, debaixo do sol escaldante de Andradina, o Gato Preto foi goleado pela Ponte Preta por 5 x 1, com todos os gols marcados no primeiro tempo.

Ceilândia teve muita dificuldade na transição defesa para ataque, mas…

O jogo começou com o Ceilândia procurando a iniciativa, mas demonstrando as mesmas dificuldades na transição que demonstrou ao longo de sua preparação. Não demorou para que a Ponte Preta assumisse o controle da partida e começasse a criar uma situação de gol após a outra.

… Ponte Preta não teve dificuldade para passar pelo Ceilândia

Apesar do domínio e das chances de gol perdidas, a Ponte Preta somente veio a marcar o seu primeiro gol com a ajuda da arbitragem. Pênalti inexistente cobrado por Lyncon. Matheus ainda tocou na bola, mas não conseguiu impedir o gol da Ponte Preta.

Ceilândia teve enormes dificuldades defensivas nas duas laterais.

Dois minutos depois e a Ponte fez o segundo quando Sales fez contra a própria meta.  O Ceilândia não se encontrava. Era incapaz de trocar dois passes. Na defesa, tentava uma marcação que concentrava seus jogadores na intermediaria. Mais fortes fisicamente, os jogadores da Ponte ganhavam todas as bolas longas nos espaços deixados às costas dos zagueiros.

Defesa levou vantagem apenas nas bolas paradas. Com a bola rolando, a Ponte entrava como queria

Resultado: a Ponte Preta fez o terceiro, o quarto e o quinto com Vinicius. Nesse momento temia-se sinceramente por uma catástrofe de proporções assustadoras. Por sorte, na sequencia, Kennedy diminuiu.

Léo Roquete fez algumas modificações no time: nada deu certo

Por sorte, a Ponte Preta tirou o pé do acelerador ou o Ceilândia se encontrou nas substituições realizadas. O fato é que o jogo terminou em 5 x 1.

Ceilândia melhorou no segundo tempo, mas o jogo já estava decidido

Resultados como estes deixam marcas profundas e se fica com a impressão que o Gato Preto nem teria ido tão mal assim contra Ceará e Andradina. No primeiro jogo, dominou seu adversário em boa parte do jogo. No segundo, tivera o azar de no primeiro ataque do adversário em cada tempo sofrer o primeiro e segundo gols.

Abdio entrou bem: vítima de um time que não encontrou sua vocação

Os dois primeiros resultados podem ser debitados ao futebol. Por vezes você precise que o futebol conspire a seu favor.   Três derrotas, contudo, exige maiores reflexões.

A imagem do jogo: Vinicius faz mais um gol. Fácil demais

Em qualquer situação, a campanha na Copa São Paulo não apaga o título candango. Não apaga, mas indica que algo deu errado, muito errado.